Home > Notícias

Nokia Siemens testa tecnologia de upload mais veloz para redes 4G

Com MIMO, velocidade da transmissão de dados aumenta, sem a necessidade de um canal exclusivo e com economia de energia

Por John Blau, para o IDG Now!*

03/05/2007 às 11h22

Foto:

Com MIMO, velocidade da transmissão de dados aumenta, sem a necessidade de um canal exclusivo e com economia de energia

A Nokia Siemens Networks anunciou nesta quarta-feira (02/05) o sucesso com testes de uma nova tecnologia que poderá ser utilizada para fazer uploads na quarta geração de celulares. De acordo com a empresa, a velocidade da transmissão de dados aumenta, sem a necessidade de um canal exclusivo, e ao mesmo tempo o uso de energia diminui.

A nova parceria entre a Nokia Corporation e a Siemens AG mostrou como a tecnologia Virtual Multiple Input Multiple Output (MIMO), também conhecida como Space Division Multiple Access (SDMA), pode ser utilizada na próxima geração de celulares LTE (Evolução a Longo Prazo).

A MIMO, tecnologia de antenas que já é utilizada em redes de comunicação Wi-Fi, combina antenas múltiplas ao final de cada circuito de comunicação. Dessa forma, a MIMO minimiza erros e otimiza a velocidade dos dados sem precisar de um canal de transmissão ou energia adicional.

No teste que a Nokia Siemens conduziu com o Fraunhofer Institute for Telecommunications, dois dispositivos dividiam suas antenas para formar um sistema MIMO Virtual, oferecendo uma transmissão via satélite com velocidade de 108 MBps (megabits por segundo) ou 54 MBps por dispositivo.

Em uma rede de comunicação típica de celulares, quando duas pessoas utilizam a mesma área de frequência para transmitir para uma base, a conexão fica congestionada. De acordo com o porta-voz da Nokia Siemens Bareld Meijering, quando isso acontece, os dados e o ritmo de frequência caem. “Com o MIMO Virtual, as duas conexões são coordenadas de forma que cada uma pode transmitir 54 MBps no mesmo canal ou 108 MBps quando juntas”, ele declarou.

A vantagem principal desta tecnologia - além do aumento da capacidade - é que os celulares não precisam mais ter duas antenas, o que poupa espaço e energia.

Segundo Meijering, a energia é necessária para ampliar os sinais de transmissão das antenas e para as antenas. Quanto menos antenas, menor o consumo de energia.

A tecnologia MIMO, que também está sendo padronizada para celulares WCDMA (Wideband Code Division Multiple Access), é uma das peças da tecnologia da quarta geração de celulares. A expectativa é que tanto o modelo WiMax wireless quanto as redes de comunicação de celulares LTE utilizem o MIMO.

*John Blau é editor do IDG News Service, em Dusseldorf.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail