Home > Notícias

Taxas sobre rádios online forçam Pandora a cortar acesso internacional

Ao concordar com Digital Millennium Copyright Act, Pandora restringe acesso a ouvintes internacionais, mas afirma buscar novas licenças

Por Redação do IDG Now!*

04/05/2007 às 19h27

Foto:

Ao concordar com Digital Millennium Copyright Act, Pandora restringe acesso a ouvintes internacionais, mas afirma buscar novas licenças

O serviço de rádio online Pandora foi o primeiro do gênero a fechar acesso para usuários fora dos Estados Unidos após acordos de direitos autorais serem fechados entre rádios online e autoridades norte-americanas.

A restrição aconteceu após a Pandora concordar em manter suas transmissões por meio do Digital Millennium Copyright Act (DMCA), que licencia o conteúdo apenas para ouvintes norte-americanos.

Gravadoras responsáveis pelos fonogramas oferecidos por streaming no Pandora vinham ameaçando serviços de rádio online com processos, alegando infração de direitos autorais das músicas veiculadas.

Com o objetivo de descobrir "genomas musicais" de seus usuários, o Pandora estuda o gosto dos ouvintes oferecendo opções musicais parecidas ao artista escolhido que podem ser aprovadas ou refutadas.

Em mensagem enviada para a comunidade nesta quinta-feira (03/05), Tim Westergren, fundador do Pandora, afirmou que o processo de bloquear o site para ouvintes fora dos EUA é "de partir seu coração".

"Confie que nós continuaremos a trabalhar duro para obter as licenças necessárias, e forçar a implementação de licenças efetivas e centralizadas ao redor do mundo", continua Westergren.

Ao tentar acesso o Pandora, o site reproduz um alerta que acusa o país onde o usuário está tentando o acesso a partir do seu número IP.

Assim como o bloqueio promovido pela Justiça brasileira do YouTube, a comunidade online já se mobilizou atrás de alternativas ao bloqueio do serviço fora dos Estados Unidos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail