Home > Notícias

Tailândia vai processar YouTube por vídeos que ofendiam rei do país

Depois de bloquear site de vídeos pela exibição dos vídeos ofensivos, governo tailandês decide entrar na justiça contra o site

Por Redação do IDG Now!

08/05/2007 às 13h58

Foto:

Depois de bloquear site de vídeos pela exibição dos vídeos ofensivos, governo tailandês decide entrar na justiça contra o site

Os problemas do YouTube com a Justiça se avolumam. Depois de ser processado pela Viacom – dona da MTV –, e mais recentemente pela Associação de Futebol da Inglaterra e pela gravadora NBC Universal, o site de compartilhamento de vídeos agora vai enfrentar o governo da Tailândia no banco dos réus, pela divulgação de vídeos que insultavam o rei do país, reportou o site da Forbes.

De acordo com a reportagem, o Ministério da Informação e das Tecnologias de Comunicação tailandês confirmou ter criado um comitê para processar o YouTube por exibir imagens do rei Bhumibol Adulyadej ao lado da foto de um pé, o que é considerado profundamente ofensivo na Tailândia.

Para barrar a exibição do vídeo, que foi postado por um anônimo, o governo tailandês bloqueou o acesso ao YouTube no país no dia 4 de abril.

Desde o primeiro vídeo, outras sátiras ao rei apareceram no site. O insulto à monarquia é um crime grave na Tailândia e poderia colocar os responsáveis pelo YouTube atrás das grades por até 15 anos se eles fossem ao país.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail