Home > Notícias

MS negocia com governo para levar Windows a US$ 3 para escolas

Microsoft Brasil diz que negociações estão no começo e assume intenção de colocar Student Innovation Suite em laptops educacionais

Por Guilherme Felitti, repórter do IDG Now!

09/05/2007 às 16h57

Foto:

Microsoft Brasil diz que negociações estão no começo e assume intenção de colocar Student Innovation Suite em laptops educacionais

O COO (chief operating officer) da Microsoft, Kevin Turner, anunciou nesta quarta-feira (09/05), a expansão para o Brasil do programa global Potencial Ilimitado, voltado para o setor educacional.

Turner anunciou a disponibilidade do pacote de software Microsoft Student Innovation Suite ao preço de 3 dólares a cópia a partir do segundo semestre de 2007, apenas para órgãos governamentais que adquirirem novos PCs para uso educacional.

O pacote inclui o Windows XP Starter Edition, o Microsoft Office Home and Student 2007, o Microsoft Math 3.0, o Learning Essential 2.0 e o Windows Live Mail.

Segundo Michel Levy, presidente da Microsoft, a companhia já está negociando com autoridades do governo federal responsáveis pela inclusão de softwares em dispositivos educacionais, mas classificou os contatos como "muito iniciais".

Entre as exigências feitas em contrapartida pela Microsoft, estão o uso dos softwares apenas em hardwares móveis novos que serão usados por alunos - a instalação do programa é vetado em PCs administrativos ou em laboratórios de informática.

"Temos intenção de colocar (a Student Innovation Suite) em laptops educacionais no Brasil", confirma Levy, sem fornecer mais detalhes.

A iniciativa, porém, não tem relação com projetos de inclusão digital promovidos pela organização One Laptop per Child, de Nicholas Negroponte, ou pela Intel, se apressa a afirmar Kevin Turner.

"Este projeto é parte do legado da Microsoft, que vem do seu fundador", afirma. "Muito antes destes projetos, já destinávamos milhões para iniciativas de inclusão digital que atingem 23 Estados brasileiros".

O programa Potencial Ilimitado foi criado pela Microsoft para acelerar a inclusão das pessoas a tecnologia. Por meio de programas sociais, ligados principalmente a educação, a empresa aposta no fomento de inovações locais.

O braço educacional do programa, chamado Parceiros na Aprendizagem, envolve parceria da Microsoft com organizações não-governamentais, líderes de governo, instituição acadêmicas, fornecendo tecnologias e recursos que visam dar acesso à educação de qualidade a estudantes.

Nos últimos cinco anos, a empresa investiu mundialmente 250 milhões de dólares, beneficiando 2,5 milhões de professores e mais de 57 milhões de alunos em 101 países.

O programa existe no Brasil desde 2003 e está ligado principalmente ao ensino da rede pública. Atualmente, funciona em 18 Estados e no Distrito Federal e beneficiou até agora 14 milhões de brasileiros.

Até 2009, a empresa quer incluir mais 5 milhões de alunos brasileiros beneficiados, totalizando 19 milhões de estudantes e professores.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail