Home > Notícias

VMware oferece suporte ao Vista em virtualização de corporativos

Workstation 6 também oferece suporte a monitores múltiplos, importante para serviços financeiros e designers digitais

Por Robert Mullins, para o IDG Now!*

10/05/2007 às 15h32

Foto:

Workstation 6 também oferece suporte a monitores múltiplos, importante para serviços financeiros e designers digitais

A VMware apresentou nesta quarta-feira (09/05) a nova versão de seu produto de virtualização para estações de trabalho que oferece suporte ao Windows Vista, monitores duplos e outras funções.

O VMware Workstation 6 é um hipervisor, uma ferramenta de software que permite que uma estação de trabalho rode múltiplos sistemas operacionais e aplicações de software na mesma máquina.

O Workstation 6 oferece suporte ao Windows Vista como sistema operacional primário ou secundário e pode exibir uma imagem em diversos monitores, o que é importante para profissionais de serviços financeiros e designers digitais.

O produto oferece também o ACE Option Pack, anunciado anteriormente, que permite que o usuário armazene um setup virtual da máquina em um dispositivo móvel, como um drive USB, para transferi-lo a outro computador.

O objetivo de todas as atualizações é melhorar a usabilidade de uma estação de trabalho virtual, disse James Phillips, diretor-sênior de soluções de ciclo de vida de software da VMware. Segundo ele, o objetivo é “certificar-se de que a experiência com um desktop virtual é consistente com a experiência com um não-virtual”.

O produto também tem a função experimental de “gravar e reproduzir”, que Phillips disse que grava a instalação de uma máquina virtual e permite que o usuário volte ao início da gravação e veja novamente a instalação para ver onde podem ter ocorrido falhas.

O Workstation 6 para uso em um sistema operacional hospedeiro Linux ou Windows  pode ser baixado por 189 dólares e o ACE Option Pack, por 69 dólares.

Dona da VMware, a EMC está no processo de spin off de 10% da empresa com uma oferta pública de ação. A VMware enfrenta concorrência de alternativas mais baratas de código aberto como o XenSource e o Virtual Iron. Além disso, a Microsoft está desenvolvendo um novo produto de servidor virtual com previsão de lançamento para este ano.

*Robert Mullins é repórter do IDG News Service, em São Francisco.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail