Home > Notícias

Dell atrai 51% dos empregados do Sul para nova fábrica

Companhia norte-americana inaugura em Hortolândia, no interior paulista, unidade que é duas vezes maior que a anterior

Por Taís Fuoco, editora do Computerworld

15/05/2007 às 10h10

Foto:

Companhia norte-americana inaugura em Hortolândia, no interior paulista, unidade que é duas vezes maior que a anterior

A Dell inaugurou hoje sua segunda unidade fabril no País, a partir da decisão de desativar a produção na região Sul que vai concentrar apenas as atividades de back office e o centro de desenvolvimento da empresa. A companhia norte-americana já produz desktops e servidores em Hortolândia desde março e, a partir de junho, começa a produzir também os notebooks.

Segundo Raymundo Peixoto, diretor geral da Dell no Brasil, dentro da política da companhia de preservar os funcionários, a Dell ofereceu um plano para que os empregados da fábrica de Eldorado do Sul (RS) se mudassem para São Paulo. Segundo ele, 51% deles aderiu à proposta.

Sem revelar quantos empregos gera em Hortolândia, a companhia afirma que tem hoje "mais de 1,2 mil funcionários entre as duas localidades". Os funcionários que não quiseram se mudar para o interior paulista, segundo o executivo, "estão sendo treinados em outras funções para serem preservados".

A companhia não descarta retomar produção no Sul se tiver exigências de demanda, de acordo com Peixoto. A atual fábrica, entretanto "não tem limitações físicas para crescer", como era o caso da unidade anterior, ressaltou.

A companhia não confirma, mas o prefeitro de Hortolândia afirma ter disputado essa fábrica com mais 30 unidades. Além de incentivos fiscais, ele teria feito investimentos na infra-estrutura da unidade.

A Dell informou que a escolha de Hortolândia foi feita em função da proximidade com o aeroporto de Viracopos e pelo fato de que 70% dos clientes da companhia estão hoje situados na região Sudeste.

A companhia norte-americana reafirmou sua intenção de investir na comunidade local e, depois de ter criado nove escolas técnicas de informática no Rio Grande do Sul, onde já formou 5,8 mil jovens carentes, abriu hoje a primeira escola técnica de Hortolândia.

Esta foi a primeira unidade fabril da Dell inagurada este ano, mas a empresa lançará outra fábrica em julho, dessa vez na Índia, e na Polônia, até o final deste ano.

Segundo Peixoto, a companhia dobrou sua receita no Brasil - assim como o número de funcionários - nos últimos dois anos. O Brasil é hoje um dos cinco mercados onde a Dell vê maior potencial de vendas na próxima década.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail