Home > Notícias

LG interrompe produção de plasma para economizar até US$ 32 mi

Corte visa melhorar o desempenho dos negócios da empresa, já que os painéis PDP perderam espaço no mercado para as telas LCD

Por Martyn Williams, para o IDG Now!*

18/05/2007 às 17h34

Foto:

Corte visa melhorar o desempenho dos negócios da empresa, já que os painéis PDP perderam espaço no mercado para as telas LCD

A LG Electronics planeja interromper a produção de seus painéis PDP (telas de plasma) no intuito de melhorar o desempenho de seus negócios, declarou a empresa nesta sexta-feira (18/05).

A empresa irá fechar a mais antiga de suas três linhas de PDP, mas reforçará a produção em suas duas outras linhas para compensar. Consequentemente, a capacidade mensal irá cair de 430 mil para 360 mil telas.

A expectativa é que o corte resulte em uma economia anual de 22 milhões de dólares a 32 milhões de dólares.

Até alguns anos atrás, o mercado era dividido entre a tecnologia PDP e sua rival, a LCD (tela de cristal líquido). Os painéis LCD eram utilizados em televisões com até 42 polegadas, e a PDP acima deste tamanho.

Os avanços na produção da tecnologia LCD nos últimos anos têm permitido a fabricação de painéis LCD maiores e econômicos. Atualmente, as duas tecnologias se sobrepõem e geram grande competição de mercado, o que acarretou a redução dos valores dos produtos. O PDP parece perder espaço.

No primeiro trimestre deste ano, os carregamentos de painéis PDP caíram 1% se comparado ao mesmo período no ano passado. É a primeira vez que a indústria vê um declínio, de acordo com a empresa de pesquisas de mercado DisplaySearch, que atribuiu a queda a uma perda de mercado das telas LCDs com mais de 37 polegadas.

O total de carregamentos no primeiro trimester foi de 2,3 milhões, segundo a DisplaySearch.

*Martyn Williams é editor do IDG News Service em Tóquio

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail