Home > Notícias

Hospede internamente seu correio eletrônico

Configure o Windows Server 2003 e faça o servidor da empresa gerenciar suas contas de e-mail

Por Nando Rodrigues, da PC WORLD

21/05/2007 às 12h32

armazene-emails_70.jpg
Foto:

Configure o Windows Server 2003 e faça o servidor da empresa gerenciar suas contas de e-mail

armaneze_emails150x100Já mostramos aqui como instalar o Windows Server 2003 Standard Editon  no servidor. Esse sistema operacional oferece um grande número de funcionalidades que vale a pena explorar. Agora, vamos explicar como fazer com que seu equipamento funcione com um servidor de e-mails.

Para que sua empresa possa ter seu próprio servidor de e-mail é necessário que exista um domínio registrado na rede mundial. Para domínios com terminação “.com.br”, isso é feito pelo Registro.br e custa cerca de 30 reais por ano. Os domínios .br estão sob o controle do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR, vinculado ao Comitê Gestor da Internet no Brasil.

O processo é rápido e tem duas exigências: que o interessado possua CNPJ e forneça os dados de dois servidores DNS que ainda não estejam configurados. O Registro.br dá um prazo de duas semanas para o envio dessas informações após a solicitação do registro do domínio.

Isso é necessário para que a rede mundial possam localizar seu servidor e, assim, garantir que um e-mail seja entregue corretamente. Todo computador ligado a uma rede, seja ela interna ou mesmo na internet, possui um endereço IP que permite que ele seja localizado, esteja onde estiver.

Porém, para tornar as coisas mais simples, o DNS cria uma relação única entre um endereço IP e um domínio (um nome, por exemplo, suaempresa.com.br) mais fácil de ser decorado. Este é o papel do DNS.

O servidor de e-mail também exige que se tenha um endereço de IP fixo. Na maior parte das conexões de banda larga – como o Speedy, por exemplo –, o endereço IP é resolvido de forma dinâmica, ou seja, a cada conexão que é feita entre o provedor e o modem ADSL um novo endereço IP é fornecido.

Entre em contato com seu provedor e solicite um IP fixo – este é um serviço adicional fornecido e cobrado pelo provedor (cerca de 80 reais por mês).

Com o domínio já definido e o endereço IP fixo, agora é necessário adicionar essas informações no WS2003. Para configurar os dois servidores DNS – primário e secundário –, clique em Iniciar, Programas, Ferramentas Administrativas e Gestão do Servidor.

Na janela que se abrir, role a tela até a seção de Servidor de DNS e clique em Gerenciar este DNS. Localize o seu servidor, clique em Ação e depois em Propriedades.

config_email01

É necessário fornecer o nome do domínio (primário) completamente qualificado, o nome do servidor DNS mais o domínio que foi registrado, bem como o endereço IP fornecido por seu provedor de internet.

Clique OK. Repita o processo para um outro nome do servidor DNS (secundário). Forneça esses dois nomes DNS para o Registro.br.
Ainda na seção de Servidor DNS, clique em Ação e Novo Mail Exchange (MX).

Deixe o primeiro campo dessa caixa de diálogo em branco e preencha o Nome do Domínio Completamente Qualificado (FQDN), por exemplo, com correio.suaempresa.com.br. e clique em OK.

Isso vai permitir que todas as mensagens enviadas para um usuário do domínio @suaempresa.com.br sejam roteadas para o servidor servidormail.correio.com.br e é nesta área que o serviço POP3 vai recuperar as mensagens de cada usuário individualmente.

config_email02


TCP/IP com enderaçamento IP estático
Como a conexão internet possui, agora, um endereço de IP fixo, torna-se necessário configurar os protocolos TCP/IP para esse novo cenário.

Clique em Iniciar, Conexões de Rede, escolha a conexão de rede ativa e, com o botão direito do mouse, selecione Propriedades. Selecione a guia Geral na caixa de diálogo, clique em Protocolo Internet (TCP/IP) e depois em Propriedades.

Selecione Usar o Seguinte Endereço IP, preencha com o endereço fornecido pelo provedor de Internet. Depois, clique em Usar os Seguintes Endereços de Servidor DNS e preencha com as informações dos servidores cadastrados anteriormente (primário e secundário). Clique em OK.

Habilite o servidor de e-mail
De volta à página inicial do programa de gestão do servidor, é hora de começar a configurar o servidor de e-mail. Clique em Adicionar ou remover uma nova função.

Depois, selecione na lista a opção Servidor de Correio Eletrônico (POP3, SMTP) e clique em Avançar.

Mantenha a primeira opção conforme sugerido pelo programa e preencha o nome do domínio (que você já registrou). Clique em Avançar. Mantenha o CD de instalação do sistema operacional à mão, pois ele pode ser solicitado durante esse processo.

config_email03

Ao retornar à tela principal do gerenciador do servidor, note que foi acrescentada uma nova função: Servidor de correio (POP3, SMTP). A partir dela é que serão criadas as contas de e-mail de cada usuário da sua rede.

Clique em Gerir este Servidor de Correio, selecione o domínio que foi adicionado anteriormente e depois clique em Adicionar Caixa de Correio. Forneça as informações solicitadas.

Note que nessa caixa de diálogo é possível selecionar a opção Criar Usuário Associado a esta Caixa de Correio. Se essa opção estiver selecionada, quando clicar em OK, o novo usuário de rede será criado. Repita o processo para todas as contas de e-mail.

config_email04


Configure os e-mails clientes

O que fizemos até agora foi permitir que as mensagens endereçadas a um usuário pertencente ao domínio @suaempresa.com.br cheguem até o servidor de e-mail. Falta, ainda, entregar essas mensagens na estação de trabalho de cada usuário.

Para isso, será necessário configurar cada um dos PCs da rede para acessar o servidor e baixar as mensagens no programa cliente de e-mail. Na máquina de usuário, já devidamente logado na rede, clique em Iniciar, selecione Programas e clique em Outlook Express.

Quando o programa abrir, clique em Ferramentas, Contas e Adicionar. Preencha com as informações solicitadas (as mesmas fornecidas durante o processo de cadastramento das contas no servidor de e-mail): nome do usuário, conta de correio e os nomes dos servidores de correio eletrônico (nesse caso, os servidores POP3 e SMTP terão o mesmo nome que você deu para o servidor de e-mail). Pressione OK.

24 x 7: Sempre
Ao optar por ter seu próprio servidor de e-mail, sua empresa precisa assegurar que ele não sofra interrupções, caso contrário, se uma mensagem for enviada para um usuário dentro do domínio e a máquina estiver fora do ar, ela não será entregue.

Para evitar isso, assegure-se de ter um nobreak instalado para que a máquina não pare por falta de energia elétrica.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail