Home > Notícias

CCJ vota projeto de lei de crimes digitais do senador Eduardo Azeredo

Polêmico substitutivo que recebeu alterações do relator volta à pauta da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania nesta quarta

Por Redação do IDG Now!

23/05/2007 às 12h12

Foto:

Polêmico substitutivo que recebeu alterações do relator volta à pauta da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania nesta quarta

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado vota nesta quarta-feira (23/05) o projeto substitutivo do senador Eduardo Azeredo aos projetos de Lei da Câmara de nº 89, de 2003, e do Senado de nº 76 e 137, de 2000, que dispõem sobre os crimes cometidos na área de informática e suas penalidades.

Entre os itens propostos pelo projeto estão a manutenção de registros de acessos dos internautas pelos provedores e punição para o acesso não-autorizado. As penas incluem reclusão e multas.

O substitutivo de Azeredo recebeu alterações - como a exclusão da cláusula que exigia a identificação do internauta pelo provedor - por conta das severas críticas recebidas ao ser apresento à CCJ no ano passado.

Após a votação pela CCJ o projeto ainda irá a plenário e deve receber sanção presidencial.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail