Home > Notícias

Opera corrige brecha de segurança com o Torrent

Atualização no navegador corrige falha crítica existente e que permitia seqüestros de PCs a partir de um arquivo malicioso obtido no site P2P

Por Gregg Keizer, do Computerworld (EUA)

23/05/2007 às 14h16

Foto:

Atualização no navegador corrige falha crítica existente e que permitia seqüestros de PCs a partir de um arquivo malicioso obtido no site P2P

A Opera Software ASA publicou uma atualização em seu navegar para
corrigir uma falha crítica existente que permitia o seqüestro de PCs
infectados por um arquivo Torrent malicioso. A Scunia, empresa
dinamarquesa de segurança, classificou a ameaça como “altamente
crítica”, o segundo maior risco, segundo seu ranking.

“Um determinado arquivo Torrent contaminado pode causar um overflow
de buffer no Opera e permitir que códigos possam ser adicionados e
executados”, disse a empresa em um comunicado divulgado ontem (22/05).
O problema acontece quando o usuário clica com o botão direito do mouse
sobre este arquivo específico utilizando o gerenciador de downloads
existente no browser.

O Opera é o único programa navagador popular que possui suporte
integrado a arquivos Torrent, serviço de compartilhamento peer-to-peer
(P2P) de arquivos.

Para corrigir a falha, a Opera recomenda que os usuários Windows façam o download do Opera 9.21
o quanto antes. Com menos de 1% de market share o Opera foi um dos
primeiros browsers a popularizar o uso de múltimplas janelas e abas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail