Home > Dicas

Mantenha arquivos importantes em sigilo

Veja como criptografar arquivos e agilizar o acesso às ferramentas de codificação no Windows Vista, XP e 2000

Por PC WORLD (EUA)

24/05/2007 às 15h13

Criptografia 70x84.jpg
Foto:

Veja como criptografar arquivos e agilizar o acesso às ferramentas de codificação no Windows Vista, XP e 2000

criptografia 150x100Só existe um meio de manter os arquivos realmente secretos: criptografá-los. O sistema de criptografia de arquivos (também conhecido com EFS, da sigla em inglês), prevista em muitas versões do Windows Vista, XP e 2000, mistura o conteúdo dos arquivos e pastas para dificultar que bisbilhoteiros os leiam. Veja como é fácil tornar esse recursos parte de seu arsenal de segurança.

Prepare-se para codificar
O sistema de criptografia está presente no Windows Vista Business, Enterprise e Ultimate, além de nas versões XP Pro e Windows 2000. O XP Home não possui esse recurso e o Vista Starter, Home Basic e Home Premium só permitem “descriptografar”, ou seja, você pode ler arquivos criptografados, mas não pode codificá-los.

> Leia também: Trave tudo com o BitLocker, recursos disponível em algumas versões do Vista

Para usar o sistema de proteção numa partição, ela deve ser formatada usando o sistema de arquivo NTFS. Para isso, vá em Iniciar, Executar e digite cmd.exe, pressione Enter para abrir o prompt de comando.

Agora digite convert seguido de espaço, a letra do drive, barra, outro espaço e por fim /fs:ntfs. Por exemplo, entre com convert c: /fs:ntfs se desejar converter o drive C: para NTFS.

Arrume seus arquivos
Para criptografar um arquivo ou pasta, clique com o botão direito em Explorar ou qualquer outra janela de pasta e vá em Propriedades (também é possível selecionar um grupo para proteger vários arquivos ou pastas de uma vez).

Na aba Geral, clique em Avançadas, assinale Criptografar conteúdo para proteger os dados e clique em OK duas vezes. Se estiver protegendo uma pasta, precisará confirmar se deseja criptografar as subpastas e arquivos.

Cripto Atrib Avançados

Uma vez codificados, os arquivos ou pastas funcionarão como quaisquer outros em seu sistema, não é preciso usar senhas especiais para abri-los ou salvá-los.

Outras contas de usuário e outros PCs na rede não poderão ver o conteúdo dos arquivos. Somente alguém logado em sua conta e com sua senha terá acesso a esses arquivos.

Atalho para a proteção
Você pode encurtar o processo adicionando um comando Criptografar ao menu exibido pelo botão direito do mouse (o comando alterna para Descriptografar quando se clica em arquivos já protegidos).

É possível fazer isso no XP com uma rápida edição no Registro, mas talvez  seja mais fácil e seguro usar o software gratuito Tweak UI, da Microsoft.

Se já tiver o programa em seu computador, verifique se não há uma versão mais recente para atualização.

Depois de baixar o software e instalá-lo, execute-o e selecione Explorer no painel à esquerda, role entre as opções à direita e assinale Show “Encrypt” on context menu (Exibir “Criptografar” no menu de contexto).

Clique em OK. Agora, sempre que clicar com o botão direito, basta escolher Encrypt para restringir o acesso.

Até agora, o Tweak UI é incompatível com o Vista. Contudo, o utilitário TweakVI Basic, da Totalidea, permite ao usuário ajustar várias configurações do Vista, inclusive adicionar Encrypt/Decrypt (Criptografar/ Descriptografar) ao menu de contexto quando se usa o botão direito do mouse.

Não deixe os arquivos criptografados em evidência
Para ver rapidamente quais arquivos ou pastas estão criptografados no seu sistema (ou qual usa compressão NTFS), abra Explorar e vá em Ferramentas, Opções de pasta.

Clique na aba Modo de exibição e na caixa de Configurações avançadas e assinale Exibir arquivos NTFS criptografados ou compactados em cores. Itens criptografados são verdes e os compactados, azuis.

Mas se a idéia for não deixar que outros vejam quais arquivos estão protegidos ou compactados, desmarque essa opção. Clique em OK.

Os usuários do XP Pro e Vista só precisarão fazer isso se quiserem desativar a exibição colorida dos arquivos protegidos, porque o sistema operacional deixa tudo ativado por padrão.

Para abrir Opções de pasta na janela Explorar do Vista, clique em Organizar, Opções de pesquisa e pasta.

Conceda permissão
Quer compartilhar o acesso aos arquivos criptografados com outras pessoas que estejam usando seu PC?

É possível especificar os indivíduos pelo nome de usuário. Primeiro, clique com o botão direito em algum arquivo criptografado e vá em Propriedades.

Na aba Geral, clique em Avançado e, a seguir, ao lado de Criptografar conteúdo para proteger dados, selecione Detalhes. No meio da caixa de diálogo, clique em Adicionar para abrir a caixa Selecione o usuário, que lista os outros indivíduos com certificado (Impressão digital de certificado), um documento que ajuda a confirmar autenticidade no seu sistema.

Os usuários podem adquirir certificados de várias maneiras, uma das mais simples é criptografar seus próprios documentos (para mais informações sobre certificados, selecione Ajuda e Suporte do Windows).

Selecione um usuário confiável e clique em OK. Perceba que o botão Localizar usuário na caixa de diálogo Selecione o usuário não funcionará, a menos que sua rede use o Active Diretory do Windows.

Não delete, desative
Como os arquivos criptografados estão associados aos usuários, apagar os perfis evita que essas pessoas acessem os documentos protegidos. Por exemplo, se um funcionário chamado "José" sai da empresa, mas pode retornar, desabilite o perfil dele em vez de apagá-lo.

No XP, vá em Iniciar, Executar e digite lusrmgr.msc, e pressione Enter. No Vista, clique em Iniciar e entre com o mesmo comando no campo de Iniciar Pesquisa. Clique no ícone de pasta Usuários no painel esquerdo e dê um clique duplo no perfil de José no painel direito.

Na aba Geral, assinale Conta desativada e clique em OK; caso o funcionário retorne, faça tudo de novo e desmarque essa opção.

.: Alternativa gratuita - Precisa de um nível de proteção maior? Baixe o Truecrypt

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail