Home > Notícias

Cientistas criam modelo do corpo humano em 4D que flutua no ar

Projetado a partir das paredes e do chão de uma sala de realidade virtual, o CAVEman pode ser literalmente "desbravado" pelos médicos

Por Redação do IDG Now!

25/05/2007 às 10h09

Foto:

Projetado a partir das paredes e do chão de uma sala de realidade virtual, o CAVEman pode ser literalmente "desbravado" pelos médicos

Cientistas da Universidade de Calgary, no Canadá, criaram o primeiro modelo computacional completo quadridimensional de um corpo humano. O atlas em 4D, apelidado de "CAVEman" pelo time que o criou, permite que os cientistas “entrem” literalmente nos experimentos, transformando dados médicos e genômicos em imagens que flutuam no espaço.

O projeto nasceu há seis anos, com a participação de cientistas da computação, biólogos, matemáticos e artistas, com o objetivo de produzir um modelo completo do corpo humano, com dez vezes a resolução de qualquer outro disponível no mercado. Segundo o PhD Christoph Sensen, da Faculdade de Medicina da Universidade de Calgary, o objetivo foi alcançado.

O modelo 4D foi construído com dados de livros básicos de anatomia. Os principais sistemas e órgãos do corpo foram renderizados em desenhos animados por um artista gráfico e convertidos para a interface de programação Java 3DTM para que ganhassem “vida” no ambiente quadridimensional.

Feito para assumir as dimensões padrão de um corpo humano, o CAVEman pode também ser ampliado para qualquer escala desejada, exibindo apenas certas partes do modelo por vez.

A função principal do homem 4D é ajudar a investigar os aspectos genéticos de diversas doenças e novas abordagens de tratamento.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail