Home > Notícias

Universidade desenvolve software para inclusão de crianças deficientes

Aplicativo SC@UT foi bolado para diminuir as barreiras sociais entre crianças autistas ou com outras deficiências e a sociedade em geral

Por Redação do IDG Now!

28/05/2007 às 16h28

Foto:

Aplicativo SC@UT foi bolado para diminuir as barreiras sociais entre crianças autistas ou com outras deficiências e a sociedade em geral

Um software que auxilia na comunicação entre crianças que possuem limitações intelectuais ou sociais, como portadores de autismo, Síndrome de Down ou paralisia cerebral, acaba de ser desenvolvido por pesquisadores da Universidad de Granada, na Espanha.

O Sistema de Aumento e Adaptação da Comunicação (da sigla em inglês, SC@UT) visa aumentar a interação dessas pessoas com a instalação do software em PCs, laptops, PDAs ou outros.

O SC@UT traz uma ferramenta de parâmetros configurável que permite que o deficiente interaja com o ambiente.

Por meio de uma interface gráfica colorida, a criança pode mostrar desejos, como ir ao banheiro ou demonstrar fome, ou expressar sentimentos, em uma função com rostos com expressões que correspondem a felicidade, tristeza, enfado e amor.

O responsável pela pesquisa, Jose Juan Cañas Delgado, explica que, quando as crianças deficientes tentam se comunicar e não conseguem, elas desenvolvem um comportamento agressivo. O SC@UT permite que este comportamento se torna mais raro.

Segundo a universidade, o software pode ainda auxiliar as pessoas que não podem falar por terem sofrido um ataque cardíaco, por exemplo. Atualmente, dezesseis escolas das províncias espanholas de Granada e Jaen estão utilizando o aplicativo em projetos piloto.

O download do comunicador está disponível no site da universidade.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail