Home > Notícias

Domínios .br cresceram 20% no últimos 12 meses, atingindo 1,1 milhão

Cerca de 90% dos domínios registrados no Brasil usam a extensão .br, de acordo com Demi Getschko, diretor-presidente do NIC.br

Por Redação do IDG Now!*

28/05/2007 às 10h39

Foto:

Cerca de 90% dos domínios registrados no Brasil usam a extensão .br, de acordo com Demi Getschko, diretor-presidente do NIC.br

Nos últimos 12 meses o registro de domínios .br cresceu 20% e, hoje, o País conta com 1,1 milhão de domínios registrados, de 800 mil diferentes detentores, afirmou Demi Getschko, diretor-presidente do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto br (NIC.br).  Cerca de 90% dos domínios registrados no Brasil usam a extensão .br, segundo ele.

Os dados foram apresentados na conferência “Sociedade da informação nos municípios brasileiros”, realizada na sexta-feira (25/05), último dia do 7º Congresso Ibero-Americano de Indicadores de Ciência e Tecnologia, em São Paulo.

Ao apresentar os dados, Getschko criticou o pessimismo excessivo na sociedade quando se diz que a internet promove um distanciamento cada vez maior entre os indivíduos que têm e os que não têm acesso à rede.

“A princípio, as novas tecnologias de comunicação podem parecer extremamente elitistas, mas, à medida que avançam, elas geram produtos amigáveis ao consumo, seja do ponto de vista do uso dos equipamentos de hardware ou dos próprios aplicativos web”, destacou.

O diretor-presidente do NIC.br exemplificou com o caso da comunidade de relacionamentos Orkut, na qual os brasileiros representam quase a metade dos integrantes. Segundo ele, supondo que a maioria dos brasileiros que utiliza o Orkut tenha pelo menos conhecimentos mínimos sobre computação, o grande número de usuários representa um excelente indicador de que boa parte da população brasileira, ávida por novidades, está acessando a internet de maneira acentuada.

“O cenário de mudanças sociais e econômicas que a internet traz precisa ser olhado de uma forma mais desprovida de preconceitos e de visões restritas. A internet não é mais uma forma de comunicação de um grupo restrito de usuários”, disse.

“As barreiras tecnológicas estão cada vez mais invisíveis e os usuários estão conseguindo ter acesso à rede mundial de computadores por meio de browsers e sistemas operacionais cada vez mais simples”, destacou Getschko.

*Com informações da Agência Fapesp.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail