Home > Notícias

Faltam profissionais com habilidades básicas em tecnologia, diz NIC.br

Companhias relatam que é mais difícil encontrar profissionais que saibam como manejar softwares simples do que especialistas

Por Luiza Dalmazo, repórter do Computerworld

31/05/2007 às 0h48

Foto:

Companhias relatam que é mais difícil encontrar profissionais que saibam como manejar softwares simples do que especialistas

Uma das novidades na pesquisa TIC Empresas de 2006, realizada pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto br (NIC.br) foi a avaliação das habilidades dos profissionais na área de tecnologia da informação e comunicações. Destaque para 42,26% das 2,56 mil empresas que contaram ter enfrentado, no ano passado, dificuldades para encontrar profissionais com conhecimento básico do manejo de simples softwares.

“Isso chama a atenção porque denota que ainda temos um alto índice de exclusão digital”, afirma Mariana Balboni, gerente do centro de estudos sobre as TIC na NIC.br.

Para descobrir quais as dificuldades encontradas para a contratação de pessoal com habilidades em TIC, o NIC.br ouviu 521 empresas e descobriu que o maior número de companhias (59,77%) relata a falta de candidatos com conhecimentos relacionados ao computador (hardware) como o principal empecilho.

A segunda razão mais citada foi a falta de canditados aptos a usar software (52,02%), seguida da falta de candidatos com habilidades em atividades relacionadas à internet (44,54%).

Em relação à mão-de-obra especializada em TIC, a pesquisa mostra que 16,7% das empresas ouvidas contrataram algum profissional com esse perfil. A menor parte (27,98%), relata que encontrou dificuldades para encontrar pessoas com esse perfil.

A falta de qualificação específica em TIC foi o motivo citado por 83,87% das companhias como a principal dificuldade para encontrar pessoas qualificadas. Entre as demais razões, as empresas citaram pouca ou nenhuma experiência profissional na área (64,41%), pretensões salariais altas (55%) e a falta de candidatos especializados (48,43%).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail