Home > Notícias

Pesquisadores solucionam ‘Cubo Mágico’ em 26 movimentos

Com 7 TB de disco e simulador de teoria matemática, professor e aluno da Northeastern University batem recorde do Cubo de Rubik

Por Redação do IDG Now!

04/06/2007 às 10h46

Foto:

Com 7 TB de disco e simulador de teoria matemática, professor e aluno da Northeastern University batem recorde do Cubo de Rubik

Graças à Ciência da Computação o segredo para igualar as faces do Cubo de Rubik pode ser solucionado em apenas 26 movimentos. Até então, o recorde era de 27 movimentações.

Gene Cooperman, professor de Ciência da Computação da Northeastern University, e o aluno graduado Dan Kunkle conseguiram bater o recorde por meio de duas técnicas: usaram um disco distribuído de 7 terabytes como uma extensão de memória RAM para suportar grandes tabuleiros e desenvolveram uma nova e “muito rápida” maneira de computar os movimentos, incluindo grupos inteiros de viradas, por meio de um grupo de teorias matemáticas.

Os pesquisadores então juntaram todas as configurações do cubo Rubik em uma família de configurações conhecida como ‘coset’ na Matemática. Em seguida olharam para os resultados aplicando um único movimento em todas as configurações de um coset de uma única vez. O processo foi simulado em um computador a uma média de 100 milhões de vezes por segundo, usando uma nova técnica na teoria de grupos matemáticos.

Em maio de 1997, o professor de Ciência da Computação da U.C.L.A., Richard Korf, anunciou que havia encontrado as primeiras e mais eficientes soluções para o Cubo de Rubik. A pesquisa mostrou que a média era de 18 movimentos e Korf acreditava que qualquer cubo poderia ser alinhado em menos de 20 movimentos. No entanto, o professor não conseguiu provar sua teoria e ninguém havia provado, até então, que o problema poderia ser resolvido em menos de 27 movimentos.

“Nosso programa primeiro faz uma pré-computação ampla e então, em cerca de um segundo, encontra a solução em 26 movimentos ou menos, em qualquer estado do cubo”, afirma Dan Kunkle.

O Cubo de Rubik foi inventado no final da década de 70 pelo húngaro Erno Rubik e é provavelmente o quebra-cabeças de diferentes combinações mais famoso dos tempos modernos. Seu formato comporta mais de 43 quintilhões (4,32 milhões x 10**19) de apresentações diferentes.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail