Home > Notícias

Usuários gastariam mais em sites que respeitam privacidade

Pesquisa da Universidade Carnegie Mellon diz consumidor paga até 60 centavos de dólar a mais em uma compra de 15 dólares

Por Redação do IDG Now!

11/06/2007 às 11h43

Foto:

Pesquisa da Universidade Carnegie Mellon diz consumidor paga até 60 centavos de dólar a mais em uma compra de 15 dólares

Os usuários estão dispostos a pagar mais pelos produtos para preservar sua privacidade ao fazer compras na web, segundo um estudo da Universidade Carnegie Mellon. Segundo o estudo, o consumidor norte-americano está disposto a pagar até 60 centavos de dólar a mais em uma compra de 15 dólares para comprar de um site cuja política de privacidade seja confiável.

Um dos objetivos do estudo foi testar a aderência ao padrão Platform for Privacy Preferences (P3P), que identifica sites que têm boas políticas de privacidade - cerca de 10% dos sites em geral e 20% dos sites de e-commerce usam o P3P atualmente, segundo os pesquisadores.

Os cientistas recrutaram 72 voluntários para fazer compras na web, alguns usando o mecanismo Privacy Finder - que encontra sites com o selo P3P - e outros não. Eles receberam 45 dólares para comprar um pacote de baterias e um vibrador - cada com custo médio de 15 dólares.

Os participantes podiam manter os produtos e ficar com a diferença de preço em dinheiro, portanto tinham incentivo para comprar dos sites mais baratos. Entre os que usaram o Privacy Finder, 50% compraram as baterias de sites com classificação de “alta privacidade” e 33% compraram os vibradores de sites nesta categoria.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail