Home > Notícias

Linspire e Microsoft assinam acordo de propriedade intelectual

Mais uma distribuidora Linux pactua com a Microsoft para proteger seus clientes de possíveis ações por infração de patente do Linux

Por Sumner Lemon, para o IDG Now!*

14/06/2007 às 11h06

Foto:

Mais uma distribuidora Linux pactua com a Microsoft para proteger seus clientes de possíveis ações por infração de patente do Linux

A exemplo de outras distribuidoras Linux como Novell e Xandros, a Linspire assinou um acordo de propriedade intelectual com a Microsoft que blinda seus clientes de processos relacionados a patentes.

A Microsoft sustenta que o Linux fere 235 de suas patentes, mas companhia ainda não forneceu informações que apóiem a suas alegações, incluindo uma lista de quais seriam as patentes violadas.

Mas isso não impediu empresas de Linux como a Novell, a Xandros, e agora a Linspire, de assinar acordos de interoperabilidade para proteger seus clientes.

Como parte do mais recente acordo, a Linspire e a Microsoft concordaram em cooperar em diversas áreas.

A Linspire vai trabalhar com a Novell e a Microsoft para desenvolver um tradutor de código aberto para que usuários do Open Office e do Microsoft Office compartilhem documentos de forma mais simples.

A companhia também licenciou o codec RT de áudio da Microsoft para tornar seu comunicador Pidgin IM compatível com o Windows Live Messenger e outros produtos Microsoft.

Como parte do acordo, a Linspire também se comprometeu a incluir suporte ao Windows Media 10 nas próximas versões do seu sistema e tornar o Windows Live Search o buscador padrão no Linspire 5.0. Os termos financeiros do acordo não foram revelados.

*Sumner Lemon é editor do IDG News Service, em Cingapura, e Steven Schwankert é editor do IDG News Service, em Cingapura.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail