Home > Notícias

Aplicativo de apresentação do Google Apps chega até o final do ano

Matthew Glotzbach, diretor de produtos do Google, disse que é possível que sejam acrescentado ainda aplicativos para criação de vídeos, blogs e grupos de discussões

Por John Fontana, para a PC WORLD*

15/06/2007 às 12h45

Foto:

Matthew Glotzbach, diretor de produtos do Google, disse que é possível que sejam acrescentado ainda aplicativos para criação de vídeos, blogs e grupos de discussões

O Google irá adicionar um aplicativo de apresentação na suíte Google Apps até o final do ano, afirmou Matthew Glotzbach, diretor de produtos da divisão corporativa do Google.

Segundo ele, ainda é possível que sejam acrescentado ainda outros aplicativos na suíte online. Isto inclui aplicativos para criação de vídeos, blogs e grupos de discussões.

“Apresentação é um recurso do Google Documents, não é  como montar um aplicativo de apresentações em separado', disse Glotzbach. “Nós estamos construindo esta habilidade para que seja possível fazê-la [a apresentação] a partir de um documento".

Atualmente, a aplicação de apresentação mais popular entre usuários corporativos é o Microsoft PowerPoint.

Uma edição principal é voltada para
usuários corporativos e é visto como uma alternativa ao Microsoft
Office, embora o pacote Google ofereça funções muito parecidas com o
Office sem precisar de instalação.

O Google Apps Premier Edition inclui um Gmail com 10GB de capacidade
de armazenamento, Google Docs & Spreadsheets (Word e Excel),
integração com buscador e o Google Talk para mensagem instantânea e
VoIP, suporte para Gmail Blackberrys, Google calendar, um conjunto de
APIs e parceiros tecnológicos para integrar com aplicações existentes e
suporte 24 X7. A suíte custa 50 dólares por usuário.

O Google também está mirando em estabelecer paridade entre as capacidades online e offline de sua suíte. Em abril, a companhia afirmou que estava trabalhando em um componente
de apresentação para a suíte Google Apps de suas aplicações semelhantes
ao Office, que inclui e-mail, editor de texto, planilhas e outras
ferramentas de colaboração.

Na semana passada, a empresa anunciou um conjunto de APIs como parte de uma extensão de browser chamada Google Gears,
que está em sua versão beta e irá permitir o trabalho em aplicativos
web no ambiente desconectado, por meio de um servidor local, um storage
e a funcionalidades de sincronização.

Glotzbach disse que o Google já oferece algumas capacidades offline com seu suporte para POP3 em Gmail e o protocolo iCal no Google Calendar. A capacidade offline entre a plataforma, entretanto, deve levar ainda algum tempo.

O Google disse que o objetivo com o Google Apps não é atacar a Microsoft ou a IBM com aplicações para desktop , mas fortalecer seus próprios serviços.

*John Fontana é repórter da Network World

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail