Home > Notícias

Polícia de Boston adota SMS como meio de denúncias anônimas

Linha de denúncias anônimas Crime Stoppers pretende, com a implementação, atingir público jovem adepto ao uso de torpedos

Por Todd R. Weiss, para o IDG Now!*

19/06/2007 às 10h36

Foto:

Linha de denúncias anônimas Crime Stoppers pretende, com a implementação, atingir público jovem adepto ao uso de torpedos

O departamento policial de Boston anunciou na sexta-feira (15/06) o início de um programa que permite que os usuários reportem crimes à linha de denúncias anônimas Crime Stoppers através de SMS. O intuito é atingir público jovem, adepto do envio de mensagens por celulares.

Com a nova iniciativa, as autoridades esperam revitalizar o sistema, para que este seja utilizado por mais cidadãos para denunciar crimes. Até então, o Crime Stoppers recebia denúncias anônimas apenas através de ligações.

“Nós percebemos que os jovens enviam mensagens de texto aos amigos para contar o que estão vendo”, declarou o comandante da unidade Crime Stoppers da polícia de Boston, Cecil Jones. “Se os jovens se sentirem seguros em fazer o mesmo em cenas de crime, será uma boa fonte de informações para a polícia.”

A linha Crime Stoppers existe há aproximadamente 10 anos em Boston, e é utilizada principalmente por residentes com mais de 30 anos. A inovação é uma forma de atingir uma faixa etária mais baixa.

Desde o início do programa, foram recebidas em torno de 35 mensagens de texto. Uma delas denunciou um assalto seguido de assassinato, com informações que direcionaram corretamente as autoridades à resolução do problema.

A Research in Motion, fabricante do Blackberry, forneceu dispositivos móveis para a equipe do Crime Stoppers, para que eles recebam as mensagens mesmo quando estiverem fora do escritório. O custo do projeto é estimado em 600 mil dólares.

*Todd R. Weiss é editor do Computerworld em Framingham

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail