Home > Notícias

Variante do malware Zlob atinge site de vídeos YouTube

Através de um link de vídeo, vítimas são infectadas com adwares e têm seus dados roubados

Por John E. Dunn, para o IDG Now!*

21/06/2007 às 19h44

Foto:

Através de um link de vídeo, vítimas são infectadas com adwares e têm seus dados roubados

O YouTube está novamente sendo usado para distribuir malwares, informou a Secure Computing nesta quinta-feira (21/06). O código malicioso é uma variante do adware Zlob, enviado por um link de vídeo com o Trojan, que bombardeia as vítimas com adwares pornográficos e depois instala um código que rouba dados.

A única defesa contra os ataques é a segurança pessoal do YouTube, que pode remover ataques assim que eles são encontrados. Contudo, isto dá aos criminosos algumas horas antes da ação, de acordo com o Paul Henry, da Secure Computing.

“Ninguém espera encontrar códigos maliciosos escondidos em arquivos do YouTube. Mas a popularidade do site está atraindo crackers para um veículo de distribuição de massa destes códigos. Tanto usuários quanto a organização estão seriamente expostos”, afirma Henry.

Em novembro de 2006, o site MySpace foi atingido por um malware que se passava por um vídeo do site, que era uma fraude parecida com o Zlob - mas sem utilizar o site em si.

*John E. Dunn é editor do Techworld em Londres

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail