Home > Notícias

Um a cada sete notebooks vendidos no mercado é da Apple, nos EUA

Apple passa a ter 14,3% de participação no mercado em maio deste ano. Crescimento se deve à atualização dos MacBooks

Por Gregg Keizer, para o IDG Now!*

25/06/2007 às 10h06

Foto:

Apple passa a ter 14,3% de participação no mercado em maio deste ano. Crescimento se deve à atualização dos MacBooks

A Apple aumentou sua participação no mercado norte-americano de laptops aproximadamente dois pontos percentuais em maio, passando para 14,3%, revelou uma pesquisa do NPD Group nesta sexta-feira (22/06). O pontapé nas vendas ocorreu graças à atualização dos MacBooks.

“Quando a Apple lança um novo produto, sempre dá um grande salto”, declarou o analista do NPD, Stephen Baker. De acordo com os dados da empresa, o progresso de vendas foi de 14% mês a mês.

O número de maio coloca a Apple em quarto lugar, atrás da HP, Toshiba e Gateway, segundo Baker. A participação nas vendas de laptops da Apple passou de 11,6% em abril para 13% em maio. Apenas no varejo, a empresa mostrou um pequeno aumento, de 9,6% para 10,8%.

“A venda de notebooks cresceu para todos no mês passado, mas a Apple cresceu um pouco mais rapidamente que o resto do mercado”, declarou Baker, acrescentando que o crescimento da empresa tem sido muito maior que a média da indústria já há algum tempo. As vendas de desktop, enquanto isso, continuam estagnadas, apesar da Apple possuir vantagem neste mercado também.

“As vendas de desktops estão caindo, mas no caso da Apple, um pouco menos”, afirmou Baker. Todos os modelos de desktop da Apple somaram 10,4% de todas as vendas de desktop em maio, um pequeno crescimento em relação a abril, quando o número era de 10,2%. A Apple deveria conseguir outro aumento no próximo mês, assim que as aulas voltarem.

Contudo, nem tudo é perfeito. “O que vemos no geral é que as vendas de desktops têm enfraquecido no primeiro semestre, e apesar da força na venda dos notebooks, a tendência é de queda”, afirma Baker. “Em 2006 e mesmo em 2005, o crescimento mês a mês ficou em torno de 50%, e agora está entre 25% e 35%.”

As vendas de laptops estão atingindo uma paralisação da qual a Apple não escapará. “A média de preços de vendas tem se mostrado muito estável mês a mês. E em certo ponto, você não pode continuar aumentando as vendas com estes números”, explica Baker.

O analista disse que é provável que a Apple atualize o iMac em breve.

*Gregg Keizer é editor do Computerworld em Framingham

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail