Home > Notícias

Inovadores 2007: migração com software livre

Vencedora na categoria de 151 até 300 funcionários, a Ceagesp reduziu custos, controlou o acesso a web e unificou senhas usando Linux e Samba

Por Genilson Cezar, para PC WORLD

27/06/2007 às 12h34

Foto:

Vencedora na categoria de 151 até 300 funcionários, a Ceagesp reduziu custos, controlou o acesso a web e unificou senhas usando Linux e Samba

2 100 120“Tínhamos um sistema operacional sem suporte [Windows NT 4.0], falta de integração do servidor de domínio com o de e-mail e limitações para o crescimento no número de usuários, devido ao número de licenças”.

Assim, Roberto Leon, gerente de TI da Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo), explica os desafios enfrentados por sua equipe para gerenciar a infra-estrutura tecnológica da empresa.

No momento de decidir o que devia ser feito a Ceagesp se viu diante de três opções: atualizar somente o hardware, o que não resolveria a maioria dos problemas; passar para Windows 2003 Server, com MS Exchange e MS ISA Server, escolha que geraria um investimento alto em licenças de usuários, segundo Leon; ou migrar para Linux, com Qmail e Samba, com poucas atualizações de hardware.

A terceira opção foi a escolhida. “Foi a melhor alternativa em termos de custo/benefício”, diz o executivo. Segundo ele, se a Ceagesp tivesse optado pela migração para o WS2003 Server, seria necessário adquirir cerca de 300 licenças para Windows Server e Exchange.

A solução escolhida exigiu um investimento de 16 mil reais na implementação de uma nova arquitetura computacional. Isto envolveu um servidor de arquivos, serviços de autenticação, de correio, firewall, groupware, transferência de arquivos (FTP), infra-estrutura (DFNS e DHCP), internet, registros de eventos e auditoria e conexão remota (VPN), com a adoção do Debian GNU/Linux e dos softwares Samba, OpenLDAP, Qmail e Squid.

“Nosso objetivo era ter uma administração centralizada, melhorar o desempenho da rede, facilitar e controlar o acesso à internet”, diz Leon. “Reduzimos o tempo necessário para administração e ganhamos mais velocidade para prestar serviços aos nossos clientes”, complementa.

Segundo ele, com a migração foi possível adicionar novas tecnologias de software sem ter que investir muito em equipamentos. Os usuários puderam, por exemplo, unificar senhas dos servidores de domínio e de correio eletrônico.

Outro benefício foi o aumento do desempenho dos sistemas em geral. “A partir do momento em que a estrutura de servidores foi redimensionada, pudemos suportar um maior número de usuários”, indica.

Além disso, a Ceagesp conseguiu implementar novos serviços, como VPN e o servidor de FTP, e trocar arquivos entre as unidades e o entreposto de São Paulo.

“O grande sucesso do projeto se deve à maneira como foi planejado e estruturado, de forma a não deixar o ambiente indisponível para os usuários em nenhum momento”, afirma Leon.

“Foi um grande desafio, pois migrar todo ambiente que estava em funcionamento, com poucas chances de retroceder, era uma grande responsabilidade”, finaliza.

Os projetos que mereceram destaque no Prêmio Inovadores 2007 - categoria de 151 a 300 funcionários, recebendo Menção Honrosa, foram:

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail