Home > Notícias

iPhone custa três vezes mais no mercado paralelo nos Estados Unidos

Agitação dos 'profissionais das filas' sinaliza interesse do mercado paralelo no celular da Apple, que chega na sexta (29/07)

Por Steven Schwankert, IDG News Service

28/06/2007 às 11h00

Foto:

Agitação dos 'profissionais das filas' sinaliza interesse do mercado paralelo no celular da Apple, que chega na sexta (29/07)

Quanto vale investir para conseguir um iPhone no dia de seu lançamento? Você pagaria 1,5 mil dólares para ter um com certeza? Ou investiria 300 dólares para alguém ficar na fila e conseguir comprar um na loja da Apple?

Estas são algumas das ofertas disponíveis para as pessoas interessadas em adquirir o disputado telefone celular da Apple. Portais como o Craigslist contam com diversas ofertas de pessoas disponíveis para esperar na fila do lançamento, em outros lugares já se oferece o aparelho completo e funcionando pela bagatela do triplo do preço original.

A revenda de produtos eletrônicos que geraram grande expectativa não é nova, já aconteceu com videogames como o XBox 360 e o Playstation 3, mas nunca aconteceu uma histeria dessas envolvendo um telefone celular.

Cada vez mais, o lançamento do iPhone está mais parecido com a venda de ingressos para grandes concertos de rock do que de um produto. Contudo, ao contrário dos ingressos – que tem capacidade limitada e acontecem por um determinado período de tempo – o período de venda do iPhone será contínuo, com a expectativa da Apple de atingir 10 milhões de unidades até 2008. Além disso, a Apple não colocou um limite de compra por pessoa na noite de lançamento do iPhone.

A Apple não pode usar a sua loja online pela natureza da telefonia celular nos EUA, que demanda que os telefones estejam vinculados a um número e a uma provedora de serviços de telefonia, no caso a AT&T/Cingular.

O eBay, por sua vez, está proibindo qualquer tentativa de vendas adiantadas do dispositivo. Em março, a empresa de leilões já tinha confirmado a estratégia.

*Steven Schwankert é editor do IDG News Service, em Framingham

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail