Home > Dicas

Evite distorções de cores e aprenda clicar fogos de artifício

Truques que reduzem as chances de imagens com cores saturadas e dicas para obter boas fotos de queima de fogos

Por Dave Johnson, especial para PC WORLD*

04/07/2007 às 14h13

duvidas_fotografia_70.jpg
Foto:

Truques que reduzem as chances de imagens com cores saturadas e dicas para obter boas fotos de queima de fogos

duvidasfoto_150x100Com um número cada vez maior de pessoas à câmeras digitais, aumenta também o incidência de pequenos erros que podem por a perder “aquela” foto.

A experiência ajuda, mas alguns macetes evitam que o fotógrafo amador caia nas armadilhas mais comuns do dia-a-dia. Conheça duas delas.

Balanceamento de brancos
Imagine a seguinte situação. Você vai a um casamento e quer aproveitar para fazer alguns fotos para guardar de recordação. O problema é que a decoração da igreja – iluminação, flores, etc. – é predominantemente amarela.

Além disso, existem fontes de luz de vários tipos, como lâmpadas incandescentes e fluorescentes, e até um pouco de sol que entra pelos vitrais da igreja. Ou seja, uma verdadeira festa de luzes e cores.

Se usar a câmera no modo automático – muito útil para fotos do dia-a-dia – o resultado será, com certeza, um monte de imagens com excesso de tons amarelados.
Uma forma de resolver o problema antes de clicar, é modificar a função automática de balanceamento de brancos (White Balance).

A maior parte das câmeras digitais oferece opções pré-programadas para as situações mais comuns do dia-a-dia, como iluminação natural (luz do sol), situações de sombra (dias nublados) e iluminação artificial (lâmpadas fluorescentes ou de tungstênio).

Escolha aquela que melhor se adapta ao ambiente em que se quer fotografar.
Modelos mais sofisticados possibilitam o balanceamento manual. Se sua câmera permite isso, utilize um cartão branco ou cinza para encontrar o melhor ajuste para situação de luz que se dispõe.

Nem tudo está perdido se as fotos já foram tiradas. Os programas de edição de imagem oferecem o recurso de ajuste de balanceamento de brancos. Utilize essa função para corrigir o erro e fazer as cores ficarem mais próximas do natural.

O Photoshop Elements oferece o recurso de correção automática (Auto Ajust), também disponível no Paint Shop Pro (One Step Photo Fix), com resultados interessantes.++++
Fogos de artifício
duvidasfoto_150x100Levante a mão que nunca ficou tentado a registrar em foto uma bonita queima de fogos e não ficou frustrado com o resultado medíocre obtido: em geral uns poucos pontos coloridos em uma imensidão negra (se muito).

Independentemente da qualidade de sua câmera, os melhores resultados vão sempre exigir que você utilize um tripé.

Isso porque fotos de fogos de artifício exigem exposição de pelo menor um segundo e é bem pouco provável que se tenha mãos firmes o suficiente para segurar o equipamento sem tremer por “todo” esse tempo.

Na falta do acessório, coloque a câmera sobre uma superfície fixa – uma caixa, muro ou mesmo um carro estacionado.

Alguns modelos de câmera oferecem o recurso de Bulb. Um vez selecionado, ele permite que o diafragma permaneça aberto durante o tempo em que o botão disparador estiver pressionado, por tanto tempo quanto durar a queima de fogos.

Caso sua câmera não traga essa facilidade, utilize o modo Shutter Priority e programe o disparador para funcionar por pelo menos dois segundos. Faça alguns testes e verifique o tempo necessário par obter a melhor imagem (confira o resultado obtido no LCD de sua câmera).

Não se preocupe muito com a abertura da lente. Ao fotografar fotos de artifício este quesito pouco influencia. Mas faça experimentações com aberturas próximas a f/8.

Verifique se as cores registradas estão próximas do real e com riqueza de detalhes. Se os azuis, laranjas e vermelhos forem registrados quase como brancos, utilize o mesmo tempo de exposição e diminua a abertura um pouco mais (f/11 ou quem sabe f/16). Se, ao contrário, a imagem parecer borrada ou escura, aumenta a abertura (f/5.6 ou f/4).

O foco automático não funciona adequadamente no escuro – não há objeto com iluminação suficiente para que o mecanismo trave o foco. Se a câmera está programada para usar foco automático, é provável que durante a captura das imagens dos fogos de artifício, a lente fique se movimentando tentando focar em algo – e lá se vão os fogos...

Para resolver esse problema, utilize o mode Paisagem (Landscape), normalmente simbolizado por uma montanha. Nesse caso, a câmera utiliza o foco infinito, melhorando o resultado final.

Para saber mais sobre o tema, visite o Infocenter de Fotografia Digital.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail