Home > Notícias

Mercado local de PCs deve chegar a 15 milhões de unidades até 2010

Para este ano, a IDC Latin America prevê que o país consuma 8,6 milhões de máquinas, 23% a mais do que em 2006

Por Nando Rodrigues, da PC WORLD

05/07/2007 às 13h51

Foto:

Para este ano, a IDC Latin America prevê que o país consuma 8,6 milhões de máquinas, 23% a mais do que em 2006

O mercado nacional de computadores deve chegar a 15 milhões de máquinas em 2010, segundo pesquisa realizada pela IDC Latin America, divulgada nesta quinta-feira (05/07) pela HP.

Os números mostram que, até dezembro, devem ser vendidos 8,6 milhões de computadores, quase 23% a mais do que o registrado em 2006. Desse total, 5,3 milhões de unidades (61%) têm como destino o mercado de consumo.

“As vendas no varejo, estimuladas pela facilidade de financiamento, redução da carga tributária pela MP do Bem e baixa do dólar são alguns dos fatores que têm contribuído para esta aceleração”, diz Valeria Molina, diretora de sistemas pessoais para consumo da HP.

Pelas projeções da IDC, o Brasil ultrapassa a barreira dos 10 milhões de PCs vendidos já em 2008, 63% dos quais no varejo.

Notebooks em alta
A venda de computadores portáteis também tem apresentado bom desempenho. Segundo a diretora da HP, enquanto no ano passado apenas 8% dos computadores vendidos (de um total de 7 milhões de unidades) foram notebooks, as projeções mostram que até dezembro, a participação desse produtos será de 12%.

Pesam favoravelmente nesse desempenho, o preço dos equipamentos. Em 2006, o portátil mais barato da HP não saía por menos de 3 mil reais. Hoje, é possível encontrar modelos similares por menos de 2 mil reais.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail