Home > Notícias

Ibope: 10% dos usuários de celular trocariam de operadora imediatamente

Pesquisa do Ibope Mídia revela a relação do consumidor brasileiro com internet, telefonia e televisão - aberta e paga

Por Redação do IDG Now!

06/07/2007 às 14h18

Foto:

Pesquisa do Ibope Mídia revela a relação do consumidor brasileiro com internet, telefonia e televisão - aberta e paga

Mais de 70% das pessoas da classe A acessam a internet de suas residências e 10% dos usuários de telefone celular trocariam de operadora imediatamente, revela a 1ª Pesquisa Nacional de Telecomunicações, do Ibope Mídia.

O relatório, que envolveu internet, telefonia fixa e móvel, televisão (TV aberta, por assinatura e parabólica), indica que o brasileiro acompanha a tendência mundial de se conectar cada vez mais com o mundo, incorporando diversos meios de comunicação ao seu cotidiano.

Mais de 70% das pessoas da classe A têm acesso à rede a partir de suas residências. Sem considerar a posição sócio-econômica, mais de um terço de quem acessa a internet de casa não o faz em outros lugares.

Dos usuários que ainda não possuem acesso a conexões de banda larga, 42% pretendem adquirir o serviço nos próximos seis meses.

A pesquisa ainda constatou que mais de 80% dos proprietários de telefones fixos fazem ligações interurbanas, e ao menos um quarto dos domicílios da classe A possuem duas linhas telefônicas fixas.

Aproximadamente 25% dos portadores de celular trocam seus aparelhos uma vez ao ano - no mínimo -, enquanto 10% dos clientes trocariam de operadora imediatamente. Este número é baixo, se comparado ao fato das operadoras de telefonia móvel serem líderes no ranking de reclamações do consumidor.

Diferente das linhas fixas, no caso dos celulares, independente da classe social, um quarto das residências possui no mínimo duas linhas de telefone móvel. Entre os jovens, o sistema pré-pago é mais recorrente, sendo que o recurso mais utilizado do celular é o SMS.

Em quase todos os domicílios há um aparelho de TV, e, em mais de um terço, há dois ou mais. Para 63% das pessoas, fatores como diversidade de canais e programas e melhoria da imagem e som são importantes para motivar a aquisição de uma antena parabólica.

A TV por assinatura está presente em dois terços das residências da classe A, sendo que 71% do público deste serviço deve permanecer com a mesma operadora e pacote.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail