Home > Notícias

Processo aberto nos EUA alega que Xbox 360 risca discos de jogos

Milhares de pessoas foram afetadas pelo problema e reclamaram à Microsoft, segundo a ação, que pede indenização de US$ 5 milhões

Por Nancy Gohring, para o IDG Now!*

11/07/2007 às 9h37

Foto:

Milhares de pessoas foram afetadas pelo problema e reclamaram à Microsoft, segundo a ação, que pede indenização de US$ 5 milhões

Apenas alguns dias após ter reportado despesas de 1 bilhão de dólares para consertar problemas de hardware no Xbox 360, a Microsoft é vítima de uma ação judicial conjunta que diz que os consoles danificam os discos de jogos.

O processo aberto na Flórida alega que o Xbox 360 risca os discos, inutilizando-os. Milhares de pessoas foram afetadas pelo problema e reclamaram à Microsoft, segundo a ação.

A Microsoft ainda não avaliou o processo, mas diz que não recebeu um número significativo de reclamações, dentre “os milhões de consoles em uso”, segundo o porta-voz Jack Evans.

O problema não está restrito aos Estados Unidos, segundo a ação. O processo cita um programa na Holanda que colocou no ar reclamações de usuários e testes de laboratório que mostraram alguns casos em que o console riscou discos.

A Microsoft oferece um programa mundial de substituição de discos para os jogos. O usuário pode mandar a mídia danificada à Microsoft e receber uma nova por 20 dólares. A companhia também afirmou que vai avaliar e reparar consoles que possam estar riscando discos.

O processo detalha a experiência de Jorge Brouwer, reclamante do caso. Ele alega que dois jogos pararam de funcionar no seu Xbox 360. Ao ligar para o suporte, ele foi aconselhado a comprar discos substitutos. Segundo ele, o suporte tampouco reconheceu que a falha poderia ser do console.

A ação pede indenização de mais de 5 milhões de dólares, reparo dos consoles afetados e das mídias danificadas.

Apesar da despesa de 1 bilhões de dólares com problemas de hardware no Xbox 360, a empresa ainda espera obter lucro com a divisão em 2008.

*Nancy Gohring é editora do IDG News Service, em Seattle.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail