Home > Notícias

Nova tentativa de levar rede de celular ao Metrô de SP ocorre em agosto

Companhia do Metropolitano coloca edital à disposição das interessadas até 10/08 e abre as propostas no dia 13 do mesmo mês

Por Taís Fuoco, editora do Computerworld

19/07/2007 às 16h14

Foto:

Companhia do Metropolitano coloca edital à disposição das interessadas até 10/08 e abre as propostas no dia 13 do mesmo mês

A Companhia do Metropolitano de São Paulo lançou o chamamento público para as empresas interessadas em implantar rede de telefonia móvel nos trens do Metrô. O edital está à disposição dos interessados até o dia 10 de agosto.

Segundo a Companhia do Metropolitano, a empresa selecionada arcará com os custos de implantação, operação e manutenção dos equipamentos de radiofreqüência e deverá explorar comercialmente esse sistema remunerando o Metrô.

No dia 13 de agosto, a empresa pretende abrir as propostas das interessadas. As operadoras de celular negociam a criação de um consórcio para compartilhar os custos da implantação da rede e, assim, reduzir o investimento necessário, previsto entre 12 milhões e 15 milhões de reais.

Os cerca de 3 milhões de passageiros que diariamente usam os trens do Metrô em São Paulo poderão gerar, segundo cálculos da Vivo, entre 400 mil reais e 500 mil reais mensais de ICMS para o Metrô, que ainda vai receber um aluguel das operadoras, de valor não revelado.

A última tentativa do Metrô de promover uma licitação para a rede móvel, iniciada no final de 2005, foi declarada "frustrada" pelo departamento de compras da companhia em agosto do ano passado.

A única companhia que se habilitou ao processo, a CCBR-Catel, empresa que presta serviços de digitalização, instalação de antenas de telefonia e inspeção veicular, não conseguiu atender aos requisitos do contrato no tempo previsto.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail