Home > Notícias

Asilo na Austrália usa redes sem fio e RFIDs para rastrear idosos

Rede composta por 14 antenas rastreia localização de idosos, que vestem colares ou pulseiras com RFID, na clínica australiana PresCare

Por Darren Pauli, para o IDG Now!*

19/07/2007 às 10h48

Foto:

Rede composta por 14 antenas rastreia localização de idosos, que vestem colares ou pulseiras com RFID, na clínica australiana PresCare

A clínica de repouso PresCare implementou uma solução que integra etiquetas RFID e redes Wi-Fi para monitorar a localização de seus residentes dentro do seu complexo em Gold Coast, na Austrália.

O sistema cria uma topografia do complexo por uma rede de 14 antenas para redes sem fio, distribuídos por entre os telhados do asilo.

Cada antena tem um sistema individual de detecção de até dois metros, e estão configurados para oferecer melhorias de detecção através de pontos como portas e paredes.

Os residentes usam RFIDS a prova de água no formato de colares ou pulseiras removíveis que envia alertas para os terminais de funcionários conectados às redes, além de monitores de vídeo quando anormalidades são detectadas, como quando pacientes especiais deixando as instalações ou RFIDs são arrancadas das roupas.

Greg Skelton, CIO da PresCare, afirma que o sistema será implementado em duas outras clínicas, em razão do sucesso do experimento na clínica, em funcionamento desde o começo de janeiro.

O sistema substitui um sistema de alarmes, típico para monitorar idosos em asilos, onde funcionários respondem a alertas sonoros que não oferecem informações sobre as condições dos residentes.

A nova solução pode ser configurar para provocar alertas baseados em regras como zonas de delimitação, ou falta de movimentação de pacientes por um determinado tempo.

*Darren Pauli é editor do IDG News Service, em Sydney.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail