Home > Notícias

Futuro no Google inclui tradução automática e mídia universal

Executiva Marissa Mayer garante que buscador está trabalhando em tradução automática de termos para aumentar amplitude de buscas

Por Steven Schwankert, para o IDG Now!*

20/07/2007 às 14h20

Foto:

Executiva Marissa Mayer garante que buscador está trabalhando em tradução automática de termos para aumentar amplitude de buscas

Busca universal e tradução automática são grandes partes do futuro do Google, afirmou Marissa Mayer, vice-presidente de busca e experiência de usuários do buscador, nesta sexta-feira (20/07).

Mayer afirmou que o Google investiu em traduções automáticas como uma maneira de melhorar resultados de buscas em diversas línguas.

"A tecnologia que lista informações de diferentes línguas é melhor caso possamos buscar toda a internet em todas as línguas e retornar os melhores resultados", disse a executiva durante um encontro sobre produtos do Google, em Pequim.

A executiva afirmou que vantagem é maior para leitores nativos de línguas que têm apenas uma pequena representação na internet.

"Apenas 1% do conteúdo online está escrito em árabe. Com esta tecnologia, se você imaginar que traduzimos aquele termo do árabe para outra língua, a quantidade de resultados aumenta consideravelmente."

Mayer se referiu à tecnologia como "um avanço na intuição de buscas".

Mayer afirmou que o Google está apenas melhorando com a busca universal, que permite que usuários conduzam buscas por diferentes mídias, incluindo textos, vídeos, imagens e áudios.

Ao usar a tecnologia de transcrição de voz para texto, os usuários podem eventualmente buscar vídeos com frases ou palavras-chaves sem ter de fazer a reprodução por completo.

Ela também falou que o Google está avançando para integrar todos seus diferentes sistemas de buscas, incluindo o Google Book Search e o Google Patent Search, para produzir resultados compreensivos para os mesmos resultados.

Mayer admitiu que organizar tais resultados para o usuário final não acontece da noite para o dia. "Estamos apenas começando com a busca universal e, por isto, existem ainda várias questões a serem superadas."

*Steven Schwankert é editor do IDG News Service, em Pequim.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail