Home > Notícias

Intel cria conectores ópticos capazes de transmitir dados a 40Gbps

Modulador, que converte dados elétricos em luz, abre caminho para interconctores ópticos de alta velocidade para computadores

Por Sumner Lemon, para o IDG Now!*

25/07/2007 às 10h39

Foto:

Modulador, que converte dados elétricos em luz, abre caminho para interconctores ópticos de alta velocidade para computadores

Pesquisadores da Intel estão mais perto de criar chips que transmitem
dados a altas velocidades usando luz no lugar de elétrons, mas produtos
baseados na tecnologia estão previstos para um futuro mais distante.

Nesta quarta-feira (25/07), um time de pesquisadores da companhia
apresentou um modulador laser feito de silício que é capaz de codificar
dados a velocidades de 40 Gbps (gigabits por segundo), um aumento
significativo.

O novo modulador, que converte dados elétricos em luz, abre caminho
para interconctores ópticos de alta velocidade para computadores que,
combinados a lasers híbridos de silício em um único chip, podem
transmitir terabits de dados por segundo, escreveu Ansheng Liu,
engenheiro principal do Grupo de Tecnologia Corporativa da Intel, em
seu blog.

Os interconectores ópticos são desejáveis porque a fibra ótica oferece
maior largura de banda e carrega dados mais rápido que o cobre,
atualmente usado para conectar chips e mover dados dentro do computador.

Liu não deu indicativos de quando a tecnologia será comercializada, sugerindo apenas que ainda deve levar alguns anos.

*Sumner Lemon é editor do IDG News Service, em Cingapura, e Steven Schwankert é editor do IDG News Service, em Cingapura.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail