Home > Notícias

Aprenda a criar seus próprios emoticons para se comunicar na web

Texto para conversar online por comunicadores instantâneos é pouco. Saiba como inserir um GIF animado para um papo criativo

Por Lygia de Luca , repórter do IDG Now!

17/08/2007 às 18h13

emoticon70.jpg
Foto:

Texto para conversar online por comunicadores instantâneos é pouco. Saiba como inserir um GIF animado para um papo criativo

emoticon150Ao menos 81,6% dos brasileiros com idade entre 2 e 14 anos utilizam softwares de mensagens instantâneas, segundo dados de junho do Ibope/NetRatings. Além disso, no mês de julho, o Brasil se tornou a maior base do MSN Messenger do planeta, com 30,5 milhões de usuários, segundo a Microsoft.

Não é à toa que o guru de branding e autor do best-seller BrandChild, Martin Lindstrom, declarou que a nova geração de internautas está se despedindo da comunicação por e-mail.

Ser criativo para enviar mensagens instantâneas é quase um mandamento. Para segui-lo, os tradicionais “smiles” que os comunicadores oferecem ao usuário não bastam e, por isso, surgiram os chamados emoticons.

Pode ser um texto piscando, um personagem acenando ou qualquer outra criação que passe o recado desejado. Entre os usuários brasileiros de 8 a 12 anos, um terço deles prefere fazer amigos na web a conhecer pessoas na vida real, segundo pesquisa da Millward Brown.

As imagens no formato GIF (do inglês Graphics Interchange Format), tem como principal característica suportar diferentes frames, o que resulta em pequenas animações - que podem ser um globo girando ou um simples revezamento de imagens.

Personalizar sua comunicação com seus próprios emoticons é possível. Softwares como o Easy GIF Animator, Beneton Movie GIF ou o Popims Animator estão disponíveis para download na rede. O Adobe Photoshop também possui uma ferramenta que permite criar animações.

Efeitos para a animação
Revezamento entre imagens, texto animado com personagens, caracterização de figuras famosas, piadas, ações - as possibilidades são muitas.

As imagens podem se apagar aos poucos, subir e descer entre si, ir para os lados ou cantos, ganhar zoom, girar, abrir a partir do centro e assim por diante.

Além disso, é possível configurar a velocidade dos efeitos, a transparência dos frames, converter o modo de cores, inserir um frame em branco e configurar a repetição (quantidade de vezes ou infinitamente), entre outros.

Primeiro emoticon
Separe duas imagens que você goste e as inclua nos softwares após clicar em “nova animação”. Geralmente, há um ícone para adicionar cada frame a partir de um arquivo - basta clicar e procurar a imagem em seu disco rígido.

Após incluir as fotos, escolha a velocidade de revezamento - quantos segundos você quer que a imagem leve para fazer a troca. Clique em cada frame para configurar o tempo para que as fotos revezem por igual.

Se seu objetivo é algo simples, seu primeiro emoticon já está pronto. Contudo, você pode usar e abusar dos efeitos disponíveis em cada software e aplicar as configurações disponíveis.

Para adicionar um texto ao emoticon, o ideal é inserir um frame em branco - recurso simples, também disponível nos softwares - e selecioná-lo ao inserir o texto, que será aplicado ao fundo vazio e não à imagem.

Lembre sempre de selecionar o frame ao qual você gostaria de adicionar determinado efeito.

Já para criar uma dança, por exemplo, você deverá calcular a seqüência de frames necessários para atribuir movimento ao GIF. É como desenhar no canto de folhas de papel para, ao folheá-las, ter uma animação. É preciso ter todos os desenhos, só que digitalizados, para obter a seqüência perfeita.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail