Home > Notícias

Mais de 18,5 milhões de brasileiros acessam a web em casa, revela Ibope

Brasileiros permaneceram 23 horas e 30 minutos na web residencial, em julho. Mulheres representam 48,5% dos internautas

Por Redação do IDG Now!

17/08/2007 às 18h07

Foto:

Brasileiros permaneceram 23 horas e 30 minutos na web residencial, em julho. Mulheres representam 48,5% dos internautas

Em julho deste ano mais de 18,5 milhões de brasileiros acessaram a internet em casa, por um tempo médio mensal de 23 horas e 30 minutos, revela o Ibope//NetRatings.

Com um aumento de 5%, ou uma hora e três minutos, sobre o tempo médio de navegação em junho, os brasileiros continuam batendo o recorde de permancência na rede, entre os países avaliados pela Nielsen/NetRatings.

Após o Brasil, os cinco países com maior tempo de conexão à rede em casa são Estados Unidos (19h52min), Japão (18h41min), Alemanha (18h07min) e Austrália (17h51min).

O número de brasileiros conectados em suas residências no mês de julho cresceu 2,6% em relação a junho. O acesso em banda larga é usado por 75% dos internautas residenciais no País.

Em julho, a participação das mulheres atingiu a marca inédita de 48,5% do total dos internautas residenciais ativos. Em 2000, a representatividade era de 40%.

Segundo José Calazans, analista de Internet do Ibope Inteligência, as mulheres passaram a ser maioria nas faixas etárias de 2 a 34 anos. Há dois meses, a presença feminina superava a masculina entre internautas de até 24 anos. "Em toda a internet jovem e jovem adulta do Brasil e maioria dos internautas é do sexo feminino", observa.

No segundo trimestre, o total de pessoas com mais de 16 anos com acesso à internet em qualquer ambiente (casa, trabalho, escolas, universidades e outros locais) atingiu 36,97 milhões, um aumento de 13,5% sobre igual período do ano passado.

A participação dos pequenos internautas, com idade de 2 a 11 anos de idade foi de 10,7%. Já os usuáiros de 12 a 17 anos representaram 17,7% dos acessos enquanto a faixa etária de 18 a 24 anos representa 18,1% dos internautas residenciais.

As faixas com maior atividade na rede são internautas de 25 a 34 anos (18,2%) e de 35 a 49 anos (22,7%). Internautas brasileiros com 50 anos ou mais representaram 12,6% dos acessos no mês passado.

Os grandes portais brasileiros são os sites mais acessados pelos internautas em casa, com 91% de representatividade em julho. Em segundo lugar estão os buscadores, acessados por 80% dos brasileiros, seguidos pelo serviço de e-mail, que tem 78% de representatividade na internet residencial.

Softwares de mensagens instantâneas são utilizados por 78% dos internautas residenciais, no Brasil,  e  comunidades online (incluindo Orkut e blogs) são acessadas por 70% dos usuários.

A comunidade Second Life ainda tem pouca representatividade na medição do Ibope. Em julho 0,3% dos brasileiros acessaram o mundo virtual em casa. O maior pico de acesso foi de 0,9% desde o lançamento do serviço da Linden Labs foi observado em maio deste ano.

Segundo a Kaizen Games, responsável pela versão brasileira do Second Life, a comunidade conta com 600 mil brasileiros registrados. No mundo, o Second Life registra 8,9 milhões de usuários.

As categorias com melhor desempenho por número de usuários em julho, comparando com junho, foram: Finanças, Seguros e Investimentos, atingindo 7,7 milhões de internautas - 5,8% de alta nas visitações em relação a junho; Entretenimento, visitada por 14,9 milhões de pessoas (alta de 4,1% sobre junho); Família e Estilo de Vida, que cresceu 3,9% em número de usuários, atingindo 8,4 milhões de brasileiros, além de Informações Corporativas, que recebeu 3,4% mais acessos, registrando 6,4 milhões de usuários únicos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail