Home > Notícias

Microsoft substitui site anti-Linux com campanha menos agressiva

Novo site mostra como o sistema operacional Windows Server é melhor em custo, confiabilidade, segurança e interoperabilidade

Por Elizabeth Montalbano, para o IDG Now!*

24/08/2007 às 19h41

Foto:

Novo site mostra como o sistema operacional Windows Server é melhor em custo, confiabilidade, segurança e interoperabilidade

A Microsoft substituiu seu controverso site anti-Linux, “Get the Facts”, por uma página menos agressiva, o “Windows Server/Compare”, onde compara o sistema operacional Windows Server ao Linux e a outros sistemas operacionais rivais.

O novo site apresenta informações sobre como o Windows Server é melhor em questões de custo, confiabilidade, segurança, administração e interoperabilidade com o Linux, o Unix e com a arquitetura principal da IBM.

A Microsoft ainda incluiu informações de clientes, feedback de especialistas da indústria, white papers e pesquisas a respeito dos atributos do Windows Server. A página também oferece informações para os desenvolvedores que estão construindo aplicações no Windows Server.

Segundo a empresa, o novo site é uma evolução da campanha “Get the Facts”, lançada na metade de 2003, que foi visto por muitos como um golpe direto contra o Linux e o código aberto.

A campanha era favorável ao Windows Server e o comparava ao Linux e outras tecnologias com os mesmos fatores citados no novo site.

O “Get the Facts” foi criticado, e, em parte, o aborrecimento foi gerado devido a arrogância da então estrela da campanha, Martin Taylor. Em junho de 2006, após 13 anos na Microsoft, o executivo deixou a empresa sem maiores explicações.

Desde sua saída, a Microsoft parece amigável em relação ao Linux e ao open source. Por outro lado, a empresa continua a espalhar medo e dúvidas sobre estas tecnologias.

Os proponentes de Linux ganharam “combustível” quando executivos da Microsoft acusaram este e outros softwares livres de violar mais de 230 das patentes da empresa.

Ao mesmo tempo, a Microsoft nomeou o executivo da IBM, ligado ao Linux, Bill Hilf, para dialogar com a comunidade de código aberto. Ele recentemente criou um site para explicar o ponto de vista da empresa sobre a comunidade open source.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail