Home > Notícias

Yahoo Mail encerra fase beta com melhorias e novos recursos

Companhia retira a etiqueta beta do serviço e estréia a versão final para 254 milhões de usuários ativos nas próximas seis semanas

Por Juan Carlos Perez, para o IDG Now!*

27/08/2007 às 15h17

Foto:

Companhia retira a etiqueta beta do serviço e estréia a versão final para 254 milhões de usuários ativos nas próximas seis semanas

O Yahoo encerra um período de quase dois anos de testes públicos da nova versão do Yahoo Mail nesta segunda-feira (27/08), com diversas melhorias. A companhia retira a etiqueta beta do serviço e estréia a versão final para 254 milhões de usuários ativos nas próximas seis semanas.

Os usuários vão notar uma melhoria na velocidade e no desempenho da “versão final”, assim como uma ampliação dos recursos de busca refinada.

As conversas por mensagem instantânea a partir do e-mail foram ampliadas para o Windows Live Messenger, além do Yahoo Messenger.

Usuários dos Estados Unidos, Índia e China poderão ainda mandar mensagens de texto para celulares a partir do Yahoo Mail, recurso que deve ser levado a outros países conforme negociação com as operadoras locais.

Nos Estados Unidos, um recurso chamado Shortcuts (Atalhos) - presente na versão antiga do serviço - vai permitir reconhecer automaticamente datas e endereços digitados e adicioná-los ao Yahoo Calendar ou à lista de contatos, além de carregar serviços web e exibir mapas dentro da interface do e-mail.

Apesar das inovações da nova versão - que traz recursos de arrastar e soltar e pré-visualização, lembrando muito uma aplicação para desktop -, os usuários que quiserem poderão continuar usando a interface clássica.

Para analistas de mercado, como Mike McGuire, do Gartner, o serviço de e-mail é uma aplicação-chave para o Yahoo, especialmente frente à forte competição na área de serviços e anúncios na web, imposta por rivais como Microsoft e Yahoo.

O Yahoo Mail é gratuito, mas tem uma versão Plus que custa 19,95 dólares por ano e oferece recursos adicionais, como acesso POP, redirecionamento de e-mail e a ausência de anúncios gráficos.

*Juan Carlos Perez é editor do IDG News Service, em Miami.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail