Home > Notícias

Usuários protestam online contra corte de US$ 200 no preço do iPhone

Fórums dedicados à Apple são inundados por mensagens de clientes insatisfeitos com o corte, feito dois meses após lançamento

Por Computerworld/EUA

06/09/2007 às 17h07

Foto:

Fórums dedicados à Apple são inundados por mensagens de clientes insatisfeitos com o corte, feito dois meses após lançamento

Quando o fundador e CEO da Apple, Steve Jobs, afirmou nesta quarta-feira (05/09) que os donos de iPhones amavam seus smartphones durante o lançamento da nova linha de iPods, ele não tinha idéia que suas próximas palavras motivariam muitos protestos por partes deles na internet.

"Queremos tornar o iPhone disponível para ainda mais pessoas", começou Jobs, emendando que o iPhone teria um corte de 33% no preço, caindo dos 599 dólares cobrados inicialmente para 399 dólares na versão de 8 GB.

Com o corte, a versão de 4 GB do telefone celular foi descontinuada.

A partir das milhares de mensagens que inundaram os fóruns da Apple, o amor que Jobs havia relatado inicialmente havia se transformado em rancor por parte de alguns usuários.

"Após ter pago o preço original pelo meu iPhone há menos de dois meses, estou chocado que o corte foi anunciado tão rapidamente", afirmou um usuário identificado como Ryan Shannon.

"Não apenas o corte foi surpreendente, mas o novo preço é algo inesperado. Eu exijo uma explicação", esbravejou.

"Eu mudei de um PC para um Macintosh. Talvez eu volte para os PCs agora", disse um usuário chamado  ShannonRawls, também no fórum da Apple. "Comprei dois iPhones de 4 GB e é assim que me agradecem? Me sinto como alguém que foi estapeado na cara".

A maioria das reclamações se concentrou no curto espaço de tempo entre o lançamento do iPhone, feito em junho, e o corte de preço. "Sabia que um corte viria eventualmente, mas em menos de dois meses?", escreveu kimirike no fórum do site everythingiPhone.com.

Outra parte das reclamações se focava no tamanho do corte - o dono de um iPhone, que não se identificou, afirmou que a redução era uma depreciação de 33% em apenas um mês, fora o abandono da versão de 4 GB.

Gregg Keizer é editor da ComputerWorld, em Framingham.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail