Home > Notícias

‘Geração MP3’ enfrenta danos de audição prematuros, diz pesquisa

Instituição do Reino Unido mostra que dois terços dos adultos escutam música em nível de decibéis prejudicial à audição

Por Redação do IDG Now!

10/09/2007 às 18h05

Foto:

Instituição do Reino Unido mostra que dois terços dos adultos escutam música em nível de decibéis prejudicial à audição

A chamada "geração MP3", que utiliza players compatíveis com este formato para ouvir música, enfrenta problemas de audição prematuros por fazê-lo em um volume excessivamente alto, afirma pesquisa da instituição RNID.

Leia mais:

A RNID usou níveis de decibéis para testar o volume de 110 players de pessoas com idade entre 18 e 30 anos, de três cidades do Reino Unido - Brighton, Manchester e Birmingham. Destes, 72 ouviam música em um volume acima de 85 decibéis.

Outra pesquisa da RNID mostrou que quase metade destes jovens escutam música por mais de uma hora por dia, sendo que um quarto ouve um total de 21 horas por semana.

A Organização Mundial de Saúde considera este volume prejudicial à audição durante um período de mais de uma hora.

A instituição também descobriu que 58% dos jovens não sabiam correr algum risco com seus players, e 79% nunca viram avisos sobre os níveis de barulho na embalagem dos produtos.

A RNID está entrando em contato com os fabricantes para os usuários serem alertados sobre os perigos do volume alto, além de relacionar os níveis de volume a decibéis.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail