Home > Notícias

Grupo divulga software de código aberto para desbloquear o iPhone

Ferramenta do iPhone Dev Team é liberada para download gratuito dias após empresa começar venda de solução similar por US$ 99

Por Computerworld/EUA

14/09/2007 às 17h23

Foto:

Ferramenta do iPhone Dev Team é liberada para download gratuito dias após empresa começar venda de solução similar por US$ 99

Um grupo de hackers divulgou uma ferramenta gratuita e de código aberto para o iPhone, da Apple, nesta quinta-feira (13/09), dias após uma companhia começar a comercializar online uma solução similar por 99 dólares.

O iPhone Dev Team, grupo de programadores que começou suas tentativas de quebrar a exigência da operadora AT&T no iPhone, colocou a ferramenta para download nos seus servidores.

De acordo com diversos sites, incluindo os blogs Engadget e Gizmodo, o iPhone Dev Team desbloqueia o gadget a partir do mesmo bug usado pelo iPhoneSIMFree para fazer sua mágica. Os dois grupos, no entanto, divulgaram suas soluções independentes.

"Esta atualização não é para todos!", alerta o iPhone Dev Tram. Os procedimentos envolvem diversos programas separados (alguns têm que ser caçados pela internet) e exigem que donos de iPhones executem comandos de programação.

Mesmo assim, notícias foram publicadas no site do grupo afirmando que o hack funciona em mais de 40 países e que, após o processo com o cartão SIM que acompanha o celular, usuários conseguiram falar por mais de 90 operadoras.

Leia também:

A única função que não funciona é a Visual Voicemail, que permite que usuários selecionem mensagens de voz por texto ao invés de ouvi-las, já que a função passa pelos servidores da AT&T. Alguns usuários relataram também que a conexão do iPhone ao YouTube não funciona mais após o hack.

O iPhone Dev Team já está trabalhando em uma ferramenta de um clique com interface gráfica que destravará o celular. "Uma nova versão da interface gráfica está quase completa", afirmou o grupo.

É provável, no entanto, que qualquer hack seja desfeito na próxima atualização do iPhone, que a Apple afirmou que sairá em setembro para permitir novas funções, como o download por redes Wi-Fi da loja iTunes.

O grupo do iPhoneSIMFree, por exemplo, alerta isto a seus clientes: "Não podemos oferecer qualquer garantis que a Apple não desabilite o hack após a atualização".

Gregg Keizer, editor da ComputerWorld, de Framingham

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail