Home > Notícias

New York Times torna gratuito o conteúdo restrito em seu site

Serviço que cobrava pelo acesso determinadas matérias é eliminado. Expectativa é aumentar tráfego e lucro com publicidade

Por IDG News Service/Cingapura

18/09/2007 às 16h05

Foto:

Serviço que cobrava pelo acesso determinadas matérias é eliminado. Expectativa é aumentar tráfego e lucro com publicidade

A partir desta terça-feira (18/09), a versão online do jornal The New York Times (NYT) irá oferecer suas notícias gratuitamente. Há dois anos, o veículo vinha oferecendo seu conteúdo via internet para assinantes pagos.

“Esta é uma reflexão do aumento de participação na indústria. As tarifas que cobramos não pesam mais que o lucro obtido com os anúncios quando aumenta o tráfego de um site gratuito”, informou o NYT.

O serviço que cobrava pelo acesso a algumas matérias se chamava Times Select. Os assinantes da versão impressa do jornal - 471.200, no total - podiam acessar as áreas restritas gratuitamente. Já os inscritos no serviço, de um modo geral, eram 787.400.

O jornal afirmou que o Times Select gerava um lucro de 10 milhões ao ano.

No comunicado, o jornal ainda mencionou que mais usuários acessavam o site por meio de mecanismos de busca, e não por visitas diretas ao NYTimes.com.

Segundo o documento, tornar todo o conteúdo acessível a qualquer usuário irá aumentar o tráfego e os lucros com anúncios - e deste crescimento virá o dinheiro que antes era obtido com os assinantes.

Além de abrir o conteúdo a todos os visitantes, o jornal irá oferecer gratuitamente seus arquivos, desde 1987, assim como acesso a matérias publicadas no jornal entre 1851 e 1922.

O The New York Times ainda irá cobrar pelo acesso a matérias publicadas entre 1923 e 1986. Os assinantes da versão impressa do jornal terão acesso gratuito a todos os arquivos.

Sumner Lemon, editor do IDG News Service, de Cingapura

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail