Home > Notícias

França cria ferramenta para usuários reportarem recebimento de spams

Barra de ferramentas do projeto Signal Spam, para gerenciadores de e-mail, permite que usuário encaminhe spam ao seu provedor

Por IDG News Service/Reino Unido

05/10/2007 às 16h21

Foto:

O projeto Signal Spam, da França, criou uma barra de ferramentas para o Microsoft Outook e o Mozilla Thunderbird. Com ela, os usuários facilmente notificam seus provedores de internet quando recebem spams de sua rede.

“De uma perspectiva da França, o spam é como qualquer outra atividade criminal que afeta os franceses”, declarou o autor do software patrocinado pelo governo francês, John Graham-Cumming.

A maioria dos usuários, atualmente, simplesmente apagam os spams que recebem, sem reportar seu recebimento ao provedor.

Com a ferramenta, os usuários encaminham o e-mail a uma base de dados central. As mensagens são enviadas aos provedores de origem, que decidem se irão cancelar ou não a conta do remetente.

Desde que o projeto foi lançado, em maio, já foram coletados 3,5 milhões de e-mails.

Se um spam vem de fora da França, o SignalSpam não age. Caso a mensagem seja de uma empresa de marketing verdadeira, o sistema envia uma resposta automática para a pessoa que reportou o spam avisando como sair do mailing, explicou Graham-Cumming.

Até o final do ano, o projeto pretende lançar a ferramenta para o Outlook Express, além de trabalhar em mecanismos para e-mails baseados na web, como o Gmail do Google.

A França está em 10º lugar no ranking dos países que mais geram spam, segundo o The Spamhaus Project.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail