Home > Notícias

Dicas e serviços online melhoram revelação de fotografias digitais

Veja como revelar suas fotos com qualidade e sem sair de casa. Dicas de cursos e fóruns online ajudam fotógrafos digitais

Por Cauã Taborda, especial para o IDG Now!

08/10/2007 às 11h34

Foto:

Mesmo que as fotos digitais tragam vantagens como economia com revelação, praticidade no envio para amigos e publicação na internet, algumas fotos merecem ser impressas, ampliadas ou mesmo colocadas em um álbum especial.

Alguns detalhes e serviços pode tornar o processo de revelação e ampliação muito mais cômodo.

Para as fotos que serão ampliadas é importante que a máquina esteja ajustada em melhor qualidade, com número máximo de megapixels e regulagens corretas. Após seu tratamento em algum programa de edição, caso você não tenha alterado o arquivo para a resolução de 300 dpi, o laboratorista fará os ajustes. Essa conversão de 72 dpi (resolução de saída das câmeras compactas) para 300 dpi reduz o tamanho da foto. Se a foto estiver com baixa qualidade ela não poderá ser impressa.

Outra dica importante é solicitar ao laboratório que não seja realizado o tratamento das imagens. A observação deve ser passada ao laboratorista no momento da entrega das fotos ou no campo "observações" quando feito via internet. Se o laboratório não for informado será realizado um novo tratamento das imagens, alterando-as de acordo com os critérios do profissional. Isso pode resultar em redução de alguns efeitos no contraste, nas cores e no brilho.

Normalmente para as fotos digitais são oferecidos dois tipos de papel, o brilhante e o fosco. A preferência muda de acordo com o gosto de cada fotógrafo, mas geralmente as fotos em PB são impressas em papel fosco, que ressalta o contraste da imagem, enquanto as coloridas têm um aspecto mais vivo no papel brilhante.

O tamanho mais comum de fotos impressas é o 10x15cm, mas vários tamanhos e cortes são oferecidos pelos laboratórios. O preço varia conforme o tamanho e o papel escolhido.

Serviços de revelação online
Kodak: com opção de entrega em domicílio ou retirada em alguma loja de sua escolha, as fotos podem ser enviadas pelo browser ou via um software da Kodak. O preço para até 49 fotos é de 85 centavos de real por foto. Por esse serviço é possível selecionar qual o laboratório que realizará as impressões.

FujiFilm: serviço somente para entrega em domicílio. As fotos são enviadas somente pelo browser. O preço para revelaçõs em 10x15cm é de 65 centavos de real mais o frete.

Oi: a operadora de celulares também conta com um serviço para revelação de fotos digitais, sejam elas de celular ou não. A revelação é realizada por laboratórios Fuji.

Para as máquinas de filmes
Para quem ainda trabalha com máquinas analógicas é interessante possuir uma versão digital de seu acervo, pois os negativos e as fotos estragam com o tempo. A maioria dos laboratórios já oferece a digitalização de negativos, colocando as fotos em um CD.

Os preços desse serviço variam com cada laboratório.

Dicas online
É possível encontrar várias dicas e informações sobre fotografia na rede, tanto para os fotógrafos mais experientes como para iniciantes. Uma boa dica é buscar fóruns e comunidades onde fotógrafos trocam experiências, realizam concursos, saídas fotográficas e apresentam tutoriais.

Algumas comunidades já funcionam muito bem, como os fóruns BrFoto e Foto@net e os grupos do Flickr.

Cursos
Diversos cursos de fotografia são oferecidos, abordando desde módulos específicos como retratos, fotografia publicitária a noções básicas. Alguns cursos são oferecidos pelo Senac, Escola Panamericana de Art e Design e pelo Museu Lasar Segal, em São Paulo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail