Home > Notícias

Cientistas trabalham em protótipo de sistema que detecta terroristas

Tecnologia rastreia características comportamentais que indicam se um indivíduo está prestes a cometer um ato terrorista

Por Redação do IDG Now!

08/10/2007 às 16h31

Foto:

Cientistas da University at Buffalo, dos Estados Unidos, estão desenvolvendo sistemas que rastreiam características comportamentais que indicam se alguém está prestes a cometer um ato terrorista.

O objetivo é identificar o terrorista em um ambiente de segurança antes que ele tenha a chance de promover o ataque. O projeto usa dados de faces, vozes e corpos, que revelam determinadas características de comportamento - cientificamente comprovadas.

A idéia é usar o sistema durante interrogatórios de segurança. A vantagem principal é que a máquina terá capacidade de aprendizado - ou seja, irá “aprender” sobre os indivíduos durante uma entrevista de 20 minutos.

A tecnologia examina vários ambientes de segurança, produzindo automaticamente uma única taxa integrada de probabilidade de malefícios que podem ser causados.

Os cientistas enfatizam que, com dados científicos, será possível promover, com o sistema, maior segurança pessoal do que atualmente ocorre com seleção aleatória de pessoas para serem interrogadas em aeroportos, por exemplo.

Os pesquisadores esperam ter um protótipo do sistema completo funcionando em alguns anos.

O projeto recebeu patrocínio de 800 mil dólares da National Science Foundation, além de fundos do Departamento de Defesa e da própria universidade.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail