Home > Notícias

Apple rebate Greenpeace e afirma que iPhone cumpre restrições ecológicas

Apple afirma iPhone cumpre padrão de mercado sobre químicos e aposentará substâncias como PVC e retardantes de fogo até 2009

Por MacWorld/Reino Unido

16/10/2007 às 14h18

Foto:

O iPhone segue as restrições a substâncias tóxicas, afirmou a Apple nesta terça-feira (16/10) em resposta ao relatório do Greenpeace que diz o contrário.

Leia mais:

"Como todos os produtos da Apple, o iPhone cumpre o padrão às restrições a substâncias tóxicas (da sigla em inglês, RoHS)", afirmou um porta-voz da companhia. "Como já dissemos antes, a Apple eliminará o uso de PVC e outras substâncias até o final de 2008".

O fundador e CEO da companhia Steve Jobs explicou a posição da companhia quanto ao meio ambiente em carta aberta publicada em maio.

No documento, Jobs afirmou que a Apple planeja eliminar completamente o uso de componentes, como PVC e retardantes de chamas em sua linha de produtos até o final de 2008. A companhia também planeja eliminar ou reduzir o uso de outros químicos como mercúrio e arsênico.

De acordo com testes realizados pelo Greenpeace, porém, químicos que poderiam até impactar na reprodução humana foram encontradas nos cabos dos fones do iPhone em níveis que são proibidos em brinquedos para crianças pequenas em São Francisco e na União Européia.

Baseada nas descobertas do estudos, o Centro de saúde do meio ambiente afirmou que dará dois meses de aviso legal para a Apple, passo necessário na Califórnia antes que um processo seja iniciado.

O grupo espera "encorajar fabricantes a negociar acordos para reduzir o uso destes químicos" em seus produtos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail