Home > Notícias

China bloqueia acesso a YouTube, Wikipedia e parte do Flickr

Desde ontem usuários não podem acessar o serviço; Blogspot.com está disponível

Por IDG News Service/Pequim

18/10/2007 às 14h39

Foto:

Desde a quarta-feira (17/10), o YouTube está bloqueado na China. A Wikipedia também não pode ser acessada, enquanto algumas imagens do Flickr do Yahoo podem ser vistas. Apenas o Blogspot.com está disponível.

Leia mais:

Ao acessar o YouTube, os usuários da China começaram a visualizar a mensagem “O servidor do www.youtube.com está demorando demais para responder” - resposta que é tipicamente mostrada quando um site está bloqueado.

O site de blogs do Google, Blogspot, está atualmente disponível após ter sido bloqueado em junho. O fim do bloqueio levou à disponibilidade de um blogueiro conhecido como Chinabounder, que conta suas experiências sexuais de mulheres chinesas.

O Flickr, mais uma vez, está mostrando a maioria de suas fotos após as imagens ter sido bloqueado em junho.  Algumas imagens do Flickr estão bloqueadas. Ao buscar, de um PC na China, pelo termo “Pequim”, são apresentadas grandes fotos à esquerda - mas os avatares dos usuários não carregam.

O país bloqueia, com freqüência, sites que considera “questionáveis”. Entre eles, estão os que lidam com assuntos políticos e possuem conteúdo pornográfico.

Embora os sites Playboy.com e Penhouse.com possam ser acessados, o site de notícias da BBC não está disponível.

O governo chinês não anuncia ou comenta quando um site está bloqueado ou disponível.

O atual bloqueio pode ter relação com o Congresso Comunista, que começou na segunda-feira (15/10) e segue até domingo (21/10) em Pequim. O encontro político é um dos mais importantes do governo, usado para criar planos para os próximos cinco anos

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail