Home > Notícias

MS poderá abrir software de gestão de smartphones para outras plataformas

Nova ferramenta é atualmente exclusiva para aparelhos com Windows Mobile

Por IDG News Service/EUA

24/10/2007 às 13h56

Foto:

O novo Mobile Device Manager da Microsoft, atualmente exclusivo para smartphones que utilizam o sistema operacional Windows Mobile, pode oferecer, em um futuro próximo, suporte a outros dispositivos, anunciou o diretor geral da divisão móvel da companhia, Scott Horn, na terça-feira (23/10).

Leia mais:

“Hoje, não temos novidades a anunciar”, declarou. “Mas estamos pensando no assunto. Quem sabe o que o futuro reserva?”, falou o executivo, durante a conferência CTIA Wireless IT and Entertainment, em São Francisco.

O System Center Mobile Device Manager, apresentado na conferência, permite que administradores de tecnologia gerenciem os smartphones que usam o Windows Mobile.

Horn mencionou que a Microsoft licenciou, há algum tempo, o Active Sync, para que o serviço seja compatível com outros dispositivos além dos que rodam o Windows Mobile.
Mesmo que a Microsoft decida “abrir” o Mobile Device Manager, não está claro se os fabricantes de celular estarão interessados em dar suporte a ele, opinou o diretor de marketing para soluções móveis da Nokia, Tom Libretto.

Se a Microsoft licenciar uma parte do software de gerenciamento a fabricantes para que as empresas também possam gerenciar estes telefones da partir do Mobile Device Manager, Libretto não acha que os fabricantes vão querer. “Quem licenciaria? Até eles pegarem a tecnologia e construírem no servidor Exchange como uma função, não há base instalada e não há incentivo para licenciarmos”, diz.

Além disso, os aparelhos com Windows Mobile respondem por uma porcentagem relativamente pequena do mercado de smartphones.

A Nokia suporta os padrões da Open Mobile Alliance Device Management para que plataformas de gerenciamento de padrões móveis possam se comunicar com qualquer aparelho.

O Windows Mobile não possui esta característica, segundo Libretto. No Intellisync, a Nokia criou um cliente separado para instalar os dispositivos que usam o Windows Mobile.

A AT&T, que está apoiando o Mobile Device Manager, disse que há conflito entre os administradores de tecnologia, pois eles se preocupam quanto a segurança e gerenciamento. Na opinião do vice-gerente de marketing da AT&T, Mike Woodward, assim como outros serviços de uma nova empresa, a Enterprise Mobile, o software irá incentivar às empresas a utilizarem dispositivos móveis.

Woodward não especificou como irá dar suporte ao Mobile Device Manager ou como trabalhará com a Enterprise Mobile.

Por enquanto, o novo software e os serviços da Enterprise Mobile, que auxiliam as empresas a gerenciar celulares, são voltados a grandes negócios.

Segundo o presidente da Enterprise Mobile, Steve Moore, a empresa não pensa em dar enfoque a pequenos negócios por pelo menos um ano. O enfoque agora é ter certeza de que as necessidades de grandes companhias sejam identificadas.

O Mobile Device Manager tem seu lançamento esperado para o próximo ano, e pode suportar até cinco mil usuários.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail