Home > Notícias

IDC: Investigação da PF deve afetar pouco os negócios da Cisco no Brasil

Segundo presidente da IDC Brasil, o caso deve ser esquecido rapidamente

Por Daniela Moreira, repórter do IDG Now!

25/10/2007 às 17h30

Foto:

O impacto da investigação por suspeita de sonegação fiscal e fraude na importação de produtos que a Cisco Systems sofre no Brasil deve ser limitado, na opinião de Mauro Perez, presidente da IDC Brasil.

Leia mais:

“Há casos muito mais graves envolvendo escândalos financeiros, como o da CA”, aponta o analista. “A história vai ser esquecida em breve porque o mercado quer o produto”, ele opina.

Perez afirmou ter conversado nesta semana com CIOs de dois grandes bancos brasileiros clientes da Cisco que lhe disseram que não pretendem rever seus contratos por conta das investigações.

“De acordo com eles, o produto e o suporte são os melhores do mercado, portanto não há motivo para trocar”, relata o analista.

Para o presidente da IDC Brasil, a investigação também deve ter pouco impacto nos preços de produto. “Os equipamentos da Cisco já tinham um preço premium, a chave do esquema estava nas margens”, observa ele.

Quanto à manutenção da atual gestão da companhia no Brasil, Perez acredita que se a inocência dos principais dirigentes - como o presidente Pedro Ripper, detido para investigação durante a Operação Persona - ficar provada, o quadro gerencial poderá ser mantido.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail