Home > Notícias

Saiba quais os recursos do novo Mac OS X 10.5 Leopard da Apple

Sistema operacional traz 300 novos recursos. Confira as novidades

Por Redação da MacWorld/EUA

26/10/2007 às 11h19

Foto:

O novo sistema operacional da Apple, o Mac OS X 10.5, também conhecido como Leopard, chega ao mercado mundial e brasileiro a partir desta sexta-feira (26/10). Saiba quais são os principais recursos.

Leia mais:

Desktop
O que é: O que Steve Jobs chamou de um novo “Desktop” durante a apresentação Worldwide Developers Conference em junho, na verdade é um conjunto de mudanças na interface do OS X, bem como melhorias no Dock, painel que mostra as aplicações ativas, ícones favoritos, etc.

O que é novidade: As mudanças de interface incluem um menu translúcido, uma janela em cinza escuro consistente e uma aparência refinada do Dock. Os ícones do Dock agora ficam sobre uma superfície brilhante (que reflete as janelas que estejam próximas). Aplicações ativas receberam um novo sinal, um ponto brilhante substitui o triângulo preto que avisava sobre aplicações ativas na versão anterior.

A novidade mais importante no Dock talvez seja o Stacks, uma nova funcionalidade que permite a adição de pastas para o acesso rápido a seu conteúdo. Um ícone fixo no Dock é a pasta downloads, que concentrará automaticamente todos os downloads da web e de anexos de e-mail.

> Veja a tela com este recurso

Finder
O que é: Assim como no desktop, chamar o Finder de “novo” é uma outra maneira de dizer “uma nova cara e algumas melhorias”. Mas algumas mudanças em relação ao OS X 10.4 estão presentes.

O que é novidade: O Leopard inclui uma barra lateral remodelada, parecida com a encontrada no iTunes 7. A barra lateral agora agrupa itens por Devices (HDs, CDs e DVDs), Shared (volumes de rede e computadores) e Search For (procurar por). O Leopard prioriza a conectividade entre Macs na rede, assim como outros Macs que você possua.

O Shared mostra em sua barra lateral qualquer computador em sua rede, incluindo PCs com Windows. Outro recurso, o Back to My Mac, permite que usuários do .Mac se conectem facilmente a Macs remotos para trocar arquivos ou controlar telas.

Provavelmente a mudança mais perceptível também é inspirada no iTunes 7. Uma nova visão de Cover Flow na lista de arquivos, ícones e colunas. A visão Cover Flow mostra uma previsão do conteúdo de cada arquivo. Clicando no preview de um arquivo PDF, por exemplo, permite que sejam vistas suas páginas diretamente pelo Finder.

O Leopard também trará mudanças internas na tecnologia de busca Spotlight. Serão aceitas pesquisas com os termos “and” (e), “or” (ou) e “not” (não). Também podem ser feitas pesquisas por frases exatas, datas, datas absolutas e cálculos simples.

Aplicativos são os primeiros resultados listados, dando ao Spotlight uma capacidade de lançador de aplicações.

> Veja a tela com este recurso

Time Machine
O que é: Com mais tipos de arquivos (fotos, música, entre outros) se tornando digitais, o backup se torna ainda mais importante. A Apple pretende auxiliar os usuários com uma ferramenta fácil, que ajudará os usuários que apagaram arquivos por engano ou sofreram uma falha grave de disco rígido.

O que é novidade: Quando um disco rígido externo for conectado ao Mac, o Time Machine irá perguntar se o disco será utilizado para backup. Se você clicar em Enable Time Machine, o programa irá realizar o backup numa base regular, sem que você precise configurar nada.

O novo AirPort Extreme permite que você inclua um HD via USB e partilhe os arquivos dessa unidade com todos na sua rede. Assim que estiver disponível, a Apple afirma que o Time Machine pode realizar o backup de todos os Macs em sua casa utilizando o HD externo, centralizado na rede.

A página do Time Machine também afirma que há a possibilidade de os arquivos serem codificados, permitindo também selecionar arquivos que não serão salvos manualmente.

> Veja a tela com este recurso

Quick Look
O que é: No ano passado, todos ficaram impressionados com uma funcionalidade do Time Machine, que permitia que o conteúdo da maioria dos documentos fosse visualizado, sem ter que abrir uma aplicação. Essa funcionalidade está agora incluída em todo o Leopard, principalmente no Finder.

O que é novidade: Basicamente uma previsão aprimorada. O Quick Look permite o acesso instantâneo de um arquivo sem que uma aplicação seja aberta.  Um arquivo ou de áudio, por exemplo, pode ser executado em um clique. Se a janela de preview estiver muito pequena, um novo clique irá ativar o modo tela inteira.

O Quick Look suporta muitos arquivos considerados comuns, como texto, imagens, vídeos, PDFs e documentos do Word e Excel. Fora da caixa, desenvolvedores podem fornecer plugins para que o Quick Look suporte seus documentos.

Essa funcionalidade deve ser especialmente útil para assistir a vídeos e visualizar fotos, também para dar aquela “espiada” no conteúdo dos arquivos sem abrir o programa.

> Veja a tela com este recurso

Spaces
O que é: Com os Macs de hoje é possível rodar muitas aplicações ao mesmo tempo, os multitarefas geralmente encontram suas janelas em cascata entrando uma nas outras. A Apple resolveu esse problema, apresentando o Spaces.

No Leopard, você poderá criar desktops distintos (até nove), cada um com os aplicativos e janelas necessárias. No lugar de ter as janelas competindo por espaço na tela, lançar aplicações em grupos pra obter aspectos visuais semelhantes, o Spaces oferece todas as aplicações que você precisa sem gerar confusão.

Por exemplo, seria possível alocar um espaço para o trabalho de um site, utilizando o iPhoto e iWeb, outro espaço de trabalho com planilhas do Excel, relatórios no Word e seu cliente de e-mail, outro para o browser e iChat e um quarto para coisas divertidas, como games e DVD player. Se você utiliza uma solução de virtualização como Parallels ou VMWare para rodar o Windows, um outro desktop poderia ser criado para isso.

É possível ter uma previsão de seus desktops por uma tecla de atalho. Também é possível alternar entre os desktops por cliques, comandos de teclado ou ainda pelo ícone de cada aplicação aberta no Dock.

O que é novidade: Nenhuma mudança foi publicada pela Apple desde agosto. Ainda queremos saber se janelas podem aparecer em múltiplos espaços, como o Spaces irá reagir com ocorrências menores, como uma aplicação minimizada no Dock, e como ele funcionará nos Macs mais antigos.

> Veja a tela com este recurso

Safari
O que é: Quando o Tiger foi anunciado em 2005, a Apple atualizou seu browser para a versão 2. O Leopard receberá o mesmo tratamento com uma versão nova do Safari. A diferença? Desta vez a atualização está disponível em versão beta no site da Apple.

O que é novidade: Uma melhoria considerável no comando Localizar, que encontra textos em uma página. Quando você tenta buscar um texto a página escurece, a não ser os termos que estão sendo buscados. A seleção atual aparece em laranja.

A última versão do Safari adiciona múltiplas abas em uma janela, é possível ainda arrastar essas abas e organizá-las pela sua preferência. Também ficou fácil salvar essas abas no favoritos e reabri-las, caso as feche acidentalmente.

Caixas de texto em formulários agora são redimensionáveis, o que fará as pessoas que postam em fóruns bem contentes. Um controlador semitransparente de PDF permite que você dê zoom, salve um arquivo PDF ou abra um arquivo pelo Safari.

E se você é um usuário de Windows, tudo será novo para você. O Safari 3 entra no grupo de aplicações de plataforma cruzada.

> Veja a tela com este recurso

iChat
O que é: O mensageiro instantâneo da Apple também acompanha a mudança de visual do OS X. No passado, continha funcionalidades de conferência de vídeo e áudio, compatibilidade com outros protocolos de chat e suporte ao Bonjour (que cria redes instantaneamente). Desta vez a Apple acrescentou várias funcionalidades.

Com o iChat do Leopard é possível entrar com o modo invisível, para que sua presença fique oculta a seus inúmeros admiradores, também é possível gravar conferências de vídeo e áudio e transmitir slides, vídeos ou apresentações durante as conferências com o iChat Theater.

O que é novidade: Em agosto, uma demonstração do iChat incluía uma funcionalidade de compartilhamento de tela, onde um usuário Mac poderia controlar o de outro participante da conferência. Essa funcionalidade parece ter sido adicionada ao Finder.

Uma outra funcionalidade é a compatibilidade com o Quick Look. Uma melhoria mais prática está relacionada ao áudio. O iChat utiliza o codec AAC-LD, que segundo a Apple melhora a qualidade das conversas.

> Veja a tela com este recurso

Automator
O que é: O Automator é uma ferramenta para tornar automáticas algumas tarefas simples. Inclui um grande número de aplicações que cria fluxos de trabalho de maneira muito simples.

O que é novidade: A Apple não falou sobre mudanças na versão do Automator para o Leopard, mas não espere uma versão idêntica ao do OS X 10.4.

Uma nova função de gravação no Leopard permitirá que você automatize quase qualquer aplicação, editando a ação gravada para que seja customizada no futuro.

O Automator irá oferecer pontos de partida, para guiá-lo nos primeiros passos de seu fluxo de trabalho. A adição de variáveis permite que sejam armazenados vários passos de um fluxo de trabalho, ajudando na construção de fluxos de trabalho mais complexos.

Mail
O que é: A versão 4 do Apple Mail apresenta uma melhor integração com as informações em seu Mac. Há uma nova função que permite o envio de notas para você mesmo, assim como uma melhor integração com o iCal.

A nova versão também oferece a possibilidade de criar mensagens com gráficos e leitura de RSS, para você ler seus feeds favoritos direto do e-mail.

O que é novidade: O Mail parece ser o mesmo apresentado ano passado. Algumas melhorias na tecnologia que identifica alguns tipos de dados, como endereços, permitindo que sejam adicionados aos contatos apropriados no Catálogo de Endereços parecem ter sido adicionadas. A Apple também afirma que há suporte ao Spotlight, permitindo que seu e-mail apareça no topo das pesquisas.

> Veja a tela com este recurso

iCal
O que é: A nova versão do sistema de calendário, que dá suporte à troca de informações e pode ser editado por outros usuários.

O que é novidade: A interface também recebeu uma reformulação aos moldes do Leopard com a barra lateral.  Com um duplo clique em um evento é possível editar todos os detalhes pela nova janela Inline Inspector, não somente o nome do evento.

Também é possível anexar documentos nas “drop box” dos eventos, os anexos serão automaticamente enviados para os convidados para o evento. Não está claro se muitas das novas funcionalidades do iCal só funcionarão se associadas a um servidor CalDAV, como na versão Leopard do Mac OS X Server.

> Veja a tela com este recurso

Dashboard
O que é: O que Jobs chama de Dashbord é um painel com mais de três mil widgets que podem ser instalados na sua camada escondida do OS X, acessível pela tecla F12.

As grandes novidades para o novo Dashboard foram apresentadas em agosto e incluíam o Web Clip, um botão no Safari que permitia transformar qualquer página em um widget.

Outra característica é o Dashcode, uma ferramenta de desenvolvimento para fazer widgets. O Dashbord também inclui sincronia com o .Mac, que facilita a troca de widgets entre Macs.

O que é novidade: Um novo detalhe escapou na apresentação de 2007 de Jobs. A Apple está adicionando um widget de filmes, que irá gerar uma lista dos filmes e cinemas locais com horários de exibição. Também será possível assistir trailers das próximas atrações e lançamentos.

O “Pacote Completo”

O que é: Em agosto, a Apple apresentou um trio de aplicações - Photo Booth, Front Row e Boot Camp - que seriam incluídas na versão final do OS X 10.5. Essas aplicações não estão disponíveis para todos os usuários Mac. O Front Row e o Photo Booth só acompanham os novos hardwares e o Boot Camp é um beta que permite usuários, com Macs Intel, rodarem partições com Windows. Mas todas estão no Leopard.

O que é novidade: Veja abaixo o que mudou com cada aplicação.

Boot Camp
O que é: Em abril de 2006 a Apple apresentou o Boot Camp, que permite que os Macs rodem o Windows XP ou Vista nativamente. A versão beta foi encerrada com  a proximidade do lançamento do Leopard.

O que é novidade: Em sua apresentação, Jobs anunciou que o Leopard incluirá os drivers do Windows, para que os usuários não precisem queimar CDs com eles.
A Apple divulgou no site do Boot Camp um novo item no menu, o “Restart in Windows”, que coloca o Mac em modo hibernar no lugar de desligá-lo completamente antes de iniciar o Windows.

Um caminho correspondente, o “Restart in Mac OS X” também foi adicionado. Ainda não é possível utilizar os dois sistemas simultaneamente sem o Parallels Desktop ou VMWare Fusion, mas é mais fácil alternar entre os dois.

Front Row
O que é: O Front Row fornece uma interface de controle remoto para mídia, incluindo músicas, vídeos e fotos.

O que é novidade: O programa foi ultrapassado pelo software no Apple TV. O software da Apple TV parece ter sido incluído no Front Row. Pela página da Apple destinada ao Front Row percebemos que ele irá oferecer as mesmas funcionalidades do Apple TV no Leopard.

> Veja a tela com este recurso

Photo Booth
O que é: Apresentado em 2005, juntamente com o Front Row, o Photo Booth é uma pequena aplicação que utiliza a câmera iSight para tirar fotos rápidas, incluindo vários efeitos engraçados.

O que é novidade: O Leopard traz mais efeitos para a aplicação. Os usuários podem agora utilizar fotos e vídeos do iPhoto e iMovie como panos de fundo para as tiradas no Photo Booth, a versão para Leopard do iChat oferece uma função similar.

As imagens do Photo Booth irão aparecer automaticamente no iPhoto, atualmente essas imagens são armazenadas na pasta Photo Booth. Os usuários também poderão tirar até quatro fotos em seqüência e animá-las com um clique, vídeos também poderão ser gravados.

Acessibilidade
O que é: As ferramentas para pessoas com deficiências receberam uma série de atualizações no Leopard. Um novo conversor de texto-para-voz, Alex, parece muito mais natural que o oferecido anteriormente. O VoiceOver, uma aplicação para leitura do desktop, também foi atualizada, assim como o suporte a dispositivos Braille.

O que é novidade: O novo NumPad Commander permite que você transforme o teclado numérico para ter acesso rápido aos comandos do VoiceOver.Também é possível aplicar hot spots em janelas, que avisarão sobre qualquer alteração nesses locais.

Todas as suas preferências de acessibilidade podem ser enviadas para outros Macs.

DVD Player
O que é: O reprodutor de DVDs do OS X. O DVD Player não recebeu muita atenção no última ano, mas a Apple com certeza se preparou desta vez.

O que é novidade: A versão do player para o Leopard recebeu várias melhorias. Uma nova interface de tela inteira permite que os controles sejam facilmente acessados, assim como configurações de legendas, faixas de áudio, imagem, cores e configurações de áudio.

Um botão de auto Zoom permite que o filme seja redimensionado para retirar aquelas “barras pretas” da imagem. Uma barra permite a navegação para qualquer ponto do filme. É possível utilizar a barra para salvar trechos favoritos, imagens que queira ver novamente e até vídeo clipes inteiros.

> Veja a tela com este recurso

Controles dos pais
O que é: Recurso do Mac OS X que permite aos pais controlar contas específicas. Por exemplo, o controle pode ser utilizado para restringir e-mails e iChat de contatos específicos, limitar as capacidades de acesso do Safari e a capacidade dos usuários de fazer alterações no sistema, gravar discos e esconder palavras “adultas”.

O que é novidade: Além da possibilidade de adicionar sites impróprios manualmente, a versão do Leopard funciona com um filtro de conteúdo, bloqueando os sites considerados impróprios para crianças automaticamente.

É possível também impor limites de tempo para os usuários, selecionando horários específicos em que a criança é liberada para utilizar o Mac. Também é possível rastrear a pessoa que está se comunicando ou trocando e-mails com determinado usuário, ou ainda que sites foram visitados.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail