Home > Notícias

Mercado brasileiro de PCs atinge 6,9 mi de unidades vendidas até setembro

Abinee registra aumento de 20% nas vendas em relação a 2006

Por Redaçãodo IDG Now!

05/11/2007 às 11h24

Foto:

O mercado brasileiro de computadores movimentou 6,96 milhões de unidades entre janeiro e setembro de 2007, aumento de 20% em relação aos 5,76 milhões de PC registrados no mesmo período de 2006, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (01/11) pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).

Leia mais:

Com o número, o mercado brasileiro deverá fechar 2007 com 10,1 milhões de unidades vendidas.

No balanço entre micros de mesa e portáteis, os desktops mantiveram larga vantagem, registrando 5,8 milhões de unidades nos primeiros noves meses do ano, enquanto notebooks registraram 1,15 milhão de equipamentos no mercado nacional.

Além de impulsionar o resultado consolidado com um aumento de 21,7% em comparação ao mesmo período de 2006, o terceiro trimestre do ano viu os equipamentos domésticos ultrapassarem pela primeira vez os micros corporativos no balanço de vendas - 51% contra 49 %, respectivamente.

Segundo a Abinee, em pouco mais de um ano e meio o consumo doméstico de computadores vendeu uma desvantagem de 60% do mercado favorável às encomendas corporativas. O mesmo comportamento, de acordo com a consultoria, foi registrada entre os notebooks, cujas vendas no terceiro trimestre foram 216% maiores em relação ao mesmo período de 2006.

O aumento de computadores portáteis também está entre os notebooks comprados não oficialmente, cujo crescimento de 103% nas vendas no trimestre reverte um quadro de queda constante dos desktops comprados no chamado "mercado cinza".

Segundo a Abinee, o aumento tem relação com a migração de revendas cinzas que, ao se verem prejudicadas pelos subsídios para desktops oficiais, mudaram suas atividades para portáteis não oficiais.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail