Home > Notícias

Firewall do Leopard pode inviabilizar Skype, alerta pesquisador

Simplicidade do firewall do Leopard quebra programas atualizados

Por Computerworld/EUA

05/11/2007 às 16h15

Foto:

O firewall do Leopard é confuso, inconsistente, desligado como padrão e incompatível com alguns aplicativos, afirmou o pesquisador de segurança e ex-analista do Gartner Rich Mogull na sexta-feira (02/11) ao analisar a ferramenta de segurança.

Leia mais:

"É um retrocesso em comparação ao firewall do Tiger. Sempre estive impressionado pela segurança da Apple e ainda mantenho minha opinião, mas esta função torna a maioria dos avanços inúteis", afirma, remetendo à interface de segurança do Leopard que oferece três opções: permitir ou bloquear tráfego online e escolher aplicativos que podem se conectar à internet.

Mudanças mais avançadas permitem que o Leopard fique invisível para crackers ao disfarçar todas as portas abertas. Com a atualização do sistema, no entanto, o firewall funciona normalmente na opção que permite todas as conexões, o que inviabiliza a função espião.

Na opção de bloqueio total, portas compartilhadas são detectadas como abertas e podem ser exploradas por crackers, afirma ele, que ainda aponta que certos aplicativos, como o Bonjour, abrem portas mesmo que o firewall proíbe qualquer tipo de conexão.

Segundo o pesquisador, estas falhas implicam em problemas de desempenho de programas que aparecem sem avisos. Ao testar a opção de definir programas que podem se conectar, o Leopard apresentou problemas com softwares popular, como o Skype.

Ao escolher este modo, o Leopard registra aplicativos que permitem conexão à internet. Caso o software seja alterado, porém, como uma atualização, a assinatura não confere mais com a original, o que impede o aplicativo de rodar. Enquanto isto é padrão em firewalls, o Leopard também bloqueia programas que mudam enquanto estão rodando.

O cliente de VoIP é o principal exemplo desta dificuldade, afirma o pesquisador. Se for este o caso do Skype no Leopard, o sistema operacional destacará o ícone no dock, mas não abrirá o programa.

"Você pode alterar este problema reinstalando o Skype", afirma Mogull, dizendo ainda que o programa funcionará até a próxima vez que foi aberto. "Aí o usuário teria que reinstalá-lo novamente".

O Skype sabe do problema desde agosto, mas, mesmo afirmando que estava trabalhando em uma correção, ainda não há uma versão do software de VoIP totalmente compatível com o Leopard.

"Felizmente, tudo isto pode ser corrigido", afirma. "A Apple claramente estava com pressa, mas estão se movendo na direção certa. É nossa responsabilidade pressionar a Apple para ter certeza de que eles transformarão estes conceitos em implementações de verdade".

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail